As humilhações prosseguem: Derby 5 a 1


A trágica temporada de 2013/14, a pior do Fulham na Premier League, parece ainda respingar na mente dos fãs cottagers. Depois de três derrotas no começo da campanha na Championship, Felix Magath e seu time viajaram pressionados a Derby. Voltaram ainda piores: o Derby County amassou e venceu por 5 a 1, jogando os londrinos para a lanterna da segunda divisão após quatro patéticas rodadas. Magath, pelo menos até agora, segue no cargo.

Em 16 jogos no comando do time, o alemão jamais repetiu uma escalação. E, claro, isso aconteceu novamente no Pride Park. Mark Fotheringham, titular contra os Wolves, foi sacado até mesmo do banco para a entrada de Ryan Williams.

Logo no começo do jogo, viu-se que o duelo seria de um time de homens contra um bando de garotos. A marcação cottager bateu cabeça e, aos dois minutos, Russell pintou livre na área e por centímetros não abriu o placar. Até que, aos 23, saiu o gol: Chrise mandou na área, Cameron Burgess e Nikolay Bodurov "marcaram com os olhos" e Ward, de primeira, empurrou pras redes. O jogo seguiu morno até o fim da etapa inicial, com muitos erros de passe e nenhuma criatividade por parte da equipe de Magath.

Gol de Parker (D) deu esperanças por cinco minutos
Por incrível que pareça, o Fulham obteve o empate nove minutos após o intervalo. Ross McCormack cruzou, Williams aparou e Scott Parker chutou rasteiro, no canto direito do goleiro Grant, 1 a 1. Porém, a tarde não era dos Whites. Logo no minuto seguinte, os Rams deram mostras que não se contentariam com o empate e perderam um gol incrível: Martin, com Jesse Joronen caído, finalizou por cima na pequena área.

Aos 15, veio o gol. Aos 17, outro. Explicamos: no primeiro lance, Russell, livre, achou Bryson, também livre, na área, e este mandou um chute forte para anotar 2 a 1. Nos minutos seguintes, Martin passou com facilidade por Sean Kavanagh e fez o terceiro.

O Fulham, depois disso, apagou. Os comandados de Magath viram o Derby marcar mais duas vezes, de novo em pequeno intervalo de tempo. Aos 41, Dawkins chutou na trave e Martin, na sobra, marcou o quarto. Na saída de bola, os Rams recuperaram a posse e, Dawkins, de novo livre, não desperdiçou e fechou a conta em 5 a 1. Tudo isso sem nenhuma resistência dos Cottagers.

O desastre levou o time ao último posto da Championship, com quatro derrotas e um saldo negativo de sete - o que faz o Blackpool escapar da última posição. Em 16 jogos oficiais, Magath tem agora três vitórias, três empates e dez derrotas. Nas redes sociais, os fãs pedem sua saída. Ficamos na dúvida sobre quem será o técnico no jogo contra o Brentford, fora de casa, pela Copa da Liga, na terça que vem.

Derby County: Grant; Christie, Keogh, Buxton, Forsyth; Estace, Hendrick, Bryson (Hughes), Ward (Best), Russell (Dawkins); Martin.
Fulham: Joronen; Hoogland, Bodurov, Burgess, Kavanagh; Parker, R. Williams, Stafylidis (Kacaniklic), Roberts (Eisfeld); Woodrow, McCormack.


Fotos: Fulham FC