Em Fife, inicia a pré-temporada da volta à elite


Na simpática cidade de Fife, no leste da Grã-Bretanha, o Fulham inicia sua jornada na temporada que precisa marcar o retorno do clube mais antigo de Londres à Premier League. É em Fife o primeiro amistoso de pré-temporada, contra o modesto East Fife, rebaixado à quarta e última divisão escocesa há dois meses.

O técnico Felix Magath deve começar jogando com uma equipe ainda bastante descaracterizada, sem boa parte dos reforços que chegaram recentemente. Dentre as novidades, os únicos que devem ir a campo são os defensores Shaun Hutchinson e Tim Hoogland.

Dos velhos conhecidos do fã cottager, Scott Parker, Kieran Richardson e Pajtim Kasami, entre outros, devem estar à disposição de Magath para o jogo no pequeno estádio Bayview, com capacidade para quase dois mil torcedores.

Tanto Fulham quanto East Fife buscam recomeçar após péssimas campanhas na Premier League e na terceira divisão escocesa, respectivamente. Os Whites finalizaram com seu pior desempenho na elite desde a chegada à Premier, em 2001. O time da casa, por sua vez, foi o nono colocado entre dez clubes, o que o levou à repescagem. Acabou batido pelo Clyde.

O East Fife tem Gary Naismith, ex-lateral de Everton e Sheffield United, como técnico/jogador. Aos 35 anos, Naismith está nos Fifers desde outubro de 2013, quando assumiu interinamente e, depois, acabou efetivado.

O clube tem, na história, algumas honras no passado. A maior delas foi em 1938, quando levou a Copa da Escócia em cima do Kilmarnock. Por três ocasiões, a última em 1954, foi campeão da Copa da Liga. Seu último título veio em 2008, com a conquista da última divisão nacional - para onde voltou na temporada passada.

Foto: Fulham FC