Saiu a barca: Sidwell e mais oito fora


O Fulham divulgou, nesta sexta, sua "lista de dispensas", com jogadores que não terão seus contratos renovados e já não farão parte do elenco que tentará voltar à Premier League na próxima temporada. O destaque entre os nove dispensados do time principal é Steve Sidwell, melhor jogador da equipe na fracassada campanha que culminou no rebaixamento dos Cottagers.

Ao todo, foram 113 jogos e 17 gols pelo Fulham desde janeiro de 2011, quando veio, inicialmente por empréstimo, do Aston Villa. Sidwell ficou conhecido pelos fãs como o Iniesta ruivo.

Outro jogador de renome a deixar o clube é Damien Duff, o atleta com mais jogos pelos Whites entre os dispensados nesta sexta. O irlandês estava no clube desde 2009, mas nos últimos meses não vinha jogando devido a uma grave lesão. Ao todo, foram 173 partidas e 22 gols marcados, com participações decisivas na campanha do vice-campeonato europeu, em 2010 e em temporadas de top-10 na Premier League. O meia está afastado dos gramados desde fevereiro.

Os volantes Giorgos Karagounis - que jogará a Copa do Mundo pela Grécia -, com 47 jogos, e Mahamadou Diarra, com duas passagens pelo time, também integram a lista. O lateral norueguês John Arne Riise se despede do clube com exatas 100 partidas jogadas. Caso muito diferente do volante Derek Boateng, esquecido após a saída do técnico Martin Jol.

Os defensores John Heitinga, contratado no início do ano e que afundou com o restante do time, e Matthew Briggs, prata-da-casa com uma sucessão de lesões, também estão fora. Mesmo caso do goleiro Neil Etheridge, que jogou apenas uma vez no elenco profissional.

Alguns jogadores da base também estão de saída de Craven Cottage. São os casos de Charles Banya, Alex Brister, Dino Islamovic, Ronny Minkwitz, Max Oberschmidt e Josh Pritchard.