Preview: Fulham - Crystal Palace



O clima é basicamente de fim de festa, final de ano letivo, sexta-feira pré-férias coletivas. Porém, não há o que se comemorar. Após a goleada sofrida diante do Stoke City, fora de casa, no último sábado, o Fulham "garantiu" vaga na segunda divisão da próxima temporada. O que resta agora é terminar a temporada tentando fazer um jogo digno, diante do Crystal Palace, neste domingo (11), às 11h da manhã, horário de Brasília.

FULHAM

Depois das vitórias seguidas contra Aston Villa e Norwich, havia esperança da fuga do rebaixamento. Porém, com os resultados diante de Tottenham, Hull City e Stoke City, essa esperança foi pelo ralo. 
E o rebaixamento promete trazer mudanças ao Fulham: a aposta, segundo o técnico Felix Magath, será nas categorias de base. Jogadores que têm tido sucesso na "Youth Academy" (Academia de Jovens) terão oportunidade de trazer o Fulham à Premier League.

Outras mudanças, bem prováveis, serão nomes como John Arne Riise, Marten Stekenlenburg e Hugo Rodallega, que não conseguiram firmar-se e deverão fazer suas despedidas, assim como Lewis Holtby e Darren Bent, que voltam a seus clubes depois de empréstimo.

Fato é que tudo isso são previsões para o que virão, e o que é certo mesmo é a ausência de Damien Duff, que, com contusão seria no joelho não jogará essa partida, e nenhuma mais pelo Fulham. Presença provável (e tarde) será de Kostas Mitroglou, que participou da última partida, e poderá fechar a temporada começando como titular.

CRYSTAL PALACE

O Crystal Palce, que até metade da temporada era sério candidato ao rebaixamento, hoje ocupa de forma muito tranqüila o meio da tabela. Isso muito graças a Tony Pulis, que ao entrar no meio da competição, deu um bom padrão de jogo. E isso é provado nós últimos jogos contra os times de Liverpool: ao ganhar do Everton em Goodison Park, ajudou muito os Toffees perderem sua vaga na Chemapions League. Já ao empatar com o Liverpool, praticamente tirou as chances de títulos inglês dos Reds.

E para fechar a temporada, Pulis não tem problemas para escalar a equipe. Cameon Jerome está de volta à disposição para estar no ataque dos Eagles, assim como Kagisho Dikgacoi (ex-Fulham) também pode estar entre os titulares. Ambos estavam fora dos últimos jogos por conta de contusão.

RETROSPECTO

Em 39 partidas entre as equipes, os Cottagers têm vantagem com 16 vitórias, dez derrotas e ainda 13 empates. No último confronto, o sabor foi especial para o Fulham. Após sair perdendo, o time, à época de Martin Jol, conseguiu ótima virada por 4 a 1 (foto) com direito a golaço de Pajtim Kasami.