Preview: Fulham - Hull City



Depois de uma dura derrota no último sábado diante do Tottenham, em White Hart Lane, o Fulham volta a campo neste sábado (26), para enfrentar o Hull City em Craven Cottage. A partida será às 11h, horário de Brasília.

FULHAM
Caso vencessem a última partida, os Cottagers teriam conseguido escapar da zona de rebaixamento. Porém, com a derrota e mais uma série de resultados, a briga pela fuga do rebaixamento ficou muito embolada. Fulham e Cardiff estão empatados com 30 pontos na 18ª e 17ª colocação, respectivamente.

O Norwich, fora da zona de rebaixamento, está com 32 e enfrenta o, ainda instável, mas forte, Manchester United, enquanto o Cardiff enfrenta o lanterna Sunderland. Se o Fulham vencer, combinado com uma vitória (provável) do United sobre o Norwich e um empate (possível) entre Cardiff e Sunderland, os Cottagers poderão comemorar a saída da zona do rebaixamento. Uma série de resultados imagináveis restando três rodadas para o fim da Premier League, e o sonho de manter-se na primeira divisão inglesa.

Sabendo da necessidade de vitória em casa, o treinador Felix Magath tem a possibilidade de colocar o que tem de melhor em campo. Isso porque os problemas de lesões estão praticamente todos sanados.

Mahamadou Diarra, Sacha Riether e Kieran Richardson não enfrentaram os Spurs por lesões no joelho, dores musculares e por doença, respetivamente, mas no sábado estarão em campo.

Lewis Holtby, um dos grandes destaques Cottagers neste final de temporada, poderá estar de volta, após não poder jogar contra a equipe a qual ainda tem vínculos contratuais.
Outro jogador importante que estará a disposição para a partida é Scott Parker, que mesmo começando como titular na ultima partida, ainda estava em processo de recuperação na perna. Porém, o volante tem plenas condições de estar em campo.

Quem continua fora é Kostas Mitroglou. O grego, segundo o treinador cottager, voltou aos treinamentos, mas ainda não está em condições ideais para ir a campo.

HULL CITY
A equipe do Hull City chega a três rodadas do fim da temporada em uma situação relativamente tranquila. Com seis pontos de distância da zona de rebaixamento, a equipe tem poucas chances de cair. Além disso, o Hull ainda irá participar da final da FA Cup, contra o Arsenal.

O treinador do Tigers Steve Bruce poderá contar com a volta de Shane Long, que ficou fora da última partida por conta de problemas na panturrilha. Já o nigeriano Sone Aluko sentiu dores no tendão e por isso segue como dúvida para o jogo.

RETROSPECTO 
Fulham e Hull City já se enfrentaram 81 vezes na história, e o Tigers tem vantagem de vitórias, com 31. Os Cottagers tem cinco vitórias a menos. Ocorreram ainda 24 empates.

A última entre as equipe não trás boas lembranças aos londrinos. No dia 28 de dezembro do ano passado, o Hull City aplicou uma severa goleada por 6 a 0 em casa.