Repercussões: Fulham 1-3 Chelsea


Já sabemos que, no sábado passado, o Fulham foi derrotado pelo Chelsea em Craven Cottage por 3 a 0, com três gols e uma grande atuação do alemão André Schürrle. Agora é a hora de sabermos como foram as repercussões do jogo, na opinião do técnico Felix Magath.

Na tradicional entrevista coletiva após o jogo, nosso manager lamentou o resultado e a lesão de Brede Hangeland, mas se mostrou otimista com a atuação do time na primeira etapa do jogo.

"Tivemos o controle do jogo no primeiro tempo e não concedemos muitas chances ao Chelsea ", disse Magath. "Tivemos duas ou três boas situações, mas depois do intervalo a equipe parece ter esquecido de como se defender".

O zagueiro e capitão Brede Hangeland teve de ser substituído logo aos 16 minutos de jogos, após um choque de cabeça com o companheiro Kieran Richardson.

"Ele é o coração da equipe e estava tudo sob controle com ele em campo. Ele é um jogador muito importante para nós. Ele foi para o hospital e eu espero que ele fique bem".

Magath prometeu trabalhar o sistema defensivo do Fulham nos treinamentos durante a semana, visando os dez jogos restantes na liga nesta temporada, para garantir a permanência dos whites na Premier League.

"Vamos fazer um trabalho mais defensivo nos treinamentos da semana que vem", afirmou o técnico. "Eu raramente vi um gol como o primeiro de hoje. Andre Schürrle correu todo o campo e marcou. Não houve qualquer contato com a defesa".

"Temos que trabalhar em nossa defesa. Como eu disse que era um bom jogo nos primeiros 45 minutos. Mas se você levar em consideração uma equipe que não tem vitórias nas últimas rodadas, eles estão perdendo a confiança e esperança. Começamos bem, mas ficou dificil depois de sair atrás no placar, era mais difícil virar. Nosso capitão se lesionou e, com isso, ficou muito difícil a situação da equipe no momento" .

Na próxima rodada o Fulham enfrenta o Cardiff City, no sábado, em Gales, em um confronto direto na luta contra o rebaixamento.

"Com certeza há esperança", disse Magath. "O Chelsea é o líder do campeonato, nós não vencemos, mas ninguém esperava que nós fizéssemos isto. O próximo jogo, em Cardiff, será melhor".

Magath fez três alterações em relação ao time que empatou em 1-1 com o West Bromwich Albion, optando por deixar Lewis Holtby no banco. Explicando sua decisão, o técnico acrescentou: "Queria lutar contra o Chelsea de igual para igual, e como eles tinham os melhores jogadores, tivemos que nos preparar para um jogo onde o Chelsea teria o controle. Nos primeiros 45 minutos deu certo. Lewis é um jogador muito habilidoso, mas contra o Chelsea, é sempre difícil criar chances".

Opinião do Blog: o SW6 Derby é sempre um jogo difícil, tanto em casa quanto fora, portanto não dá para tê-lo como um grande parâmetro de atuação e resultado. Na próxima rodada, diante do Cardiff, em Gales, somente a vitória interessa ao Fulham. Caso contrário, já podemos planejar a Championship na próxima temporada.