Preview: Cardiff City - Fulham



Neste sábado, o Fulham viaja até o sul do País de Gales para enfrentar um concorrente direto na zona do rebaixamento, o Cardiff City. A partida ocorrerá no Cardiff City Stadium, a partir do meio dia, horário de Brasília.

FULHAM

Na última rodada, os Cottagers receberam o líder Chelsea, e ajudaram os rivais a chegar um pouco mais perto do título inglês, além de, é claro, complicar ainda mais a nossa situação na tabela. E a situação é tão grave que o Fulham tem quatro pontos atrás do West Bromwich, primeiro time fora da zona do descenso, e ainda tem um jogo a menos.

O Sunderland, primeiro dentro da zona de rebaixamento, está com três de vantagem, porém, com dois jogos a menos. Com isso, o Fulham terá que secar ainda mais seus adversários, para que esses não se desgrudem.

Mas ainda assim, é imprescindível uma vitória em Gales. Restando agora dez confrontos até o fim desta edição da Premier League, a cada rodada sem vencer a situação  se complica ainda mais.

Para mudar isso, e tentar sua primeira vitória como treinador dos londrinos, e o primeiro triunfo da equipe desde de o primeiro dia do ano, Felix Magath tem grandes possibilidades de contar com o atacante gregos Kostas Mitroglou. Principal contratação na última janela de transferências, o grego não fez mais do que uma partida pelo sub-21 do Fulham, e jogar um pouco do segundo tempo em West Brom. O jogador tem entrado na forma ideal para Magath, e tem possibilidade de começar a partida pela primeira vez.

As baixas são: Damien Duff, que provavelmente ficará de fora do restante da temporada graças a uma contusão no joelho; Scott Parker, que sofreu lesão no joelho durante treinamento na semana - porém não é um problema tão sério quanto o de Duff, por isso será poupado deste jogo para que não seja agravado o problema.

Fernando Amorebieta, contundido no músculo na coxa, e Willian Kvist, que jogou a partida toda entre Dinamarca e Inglaterra e sentiu dores no tendão, são dúvidas.

CARDIFF CITY
A equipe treinada por um dos grandes jogadores que passaram pela Premier League, Ole Gunnar Solskjaer, não está situação nada fácil também. Dos últimos 36 pontos disputados (12 partidas) foram apenas cinco pontos conquistados, com quatro derrotas nos últimos cinco jogos.

Tudo isso credencia a equipe galesa a estar onde está, apenas com um ponto de vantagem para o lanterna e adversário deste sábado.

A boa notícia para Solskjaer é que os meio-campistas Gary Medel e Craig Noone têm grandes chances de estarem no importante jogo. Jordon Mutch, que voltou de contusão no tendão na última partida (e marcou o gol da vitória dos galeses no primeiro turno), entrando no segundo tempo, será avaliado para saber se terá condições de estar em campo.

O lateral Andrew Taylor se recupera de contusão e provavelmente ficará de fora, enquanto o capitão Mark Hudson permanece ausente por dores no tendão.

RETROSPECTO
No confronto entre as equipes, quatro dos últimos cinco jogos terminaram em 2 a 1, com três vitórias Cottagers. No confronto geral, são 23 vitórias do Fulham e 21 derrotas, com sete empates. A última partida terminou com 2 a 1 para os galeses - com um gol no final da partida, em Craven Cottage (relembre aqui).