Último colocado e com justiça


Pela nona vez nesta Premier League, o Fulham foi pro intervalo com o placar de 0 a 0. Pela nona vez, acabou perdendo o jogo. Fato que se repete pela terceira vez consecutiva. São quatro derrotas seguidas. Incríveis 53 gols sofridos e, agora, a última posição na liga. Em tópicos curtos e grossos, resumimos o que foi Fulham 0-3 Southampton, neste sábado, pela 24ª rodada.

Dos novos reforços, apenas dois estiveram aptos a jogar: Lewis Holtby e William Kvist. Rene Meulensteen, então, optou por um time mais recuado, com três volantes (Kvist, Scott Parker e Steve Sidwell), dois meias e Darren Bent isolado na frente. Ashkan Dejagah, de péssima atuação em Gales, não ficou nem no banco. Clint Dempsey, chamado às pressas dos Estados Unidos, ficou no banco.


Durante toda a primeira etapa, os Whites observaram os Saints trocarem passes - foram quase 70% de posse em dado momento. Chance de gol pros mandantes? Apenas uma, quando Brede Hangeland cabeceou e o goleiro visitante Artur Boruc espalmou. De resto, Maarten Stekelenburg foi o goleiro que mais trabalhou, tendo inclusive que evitar um gol contra de canela por Steve Sidwell.

Assim foi até os 18 minutos do segundo tempo, quando o Fulham perdeu a bola no meio-campo, Jay Rodriguez passou e Lallana, na esquina esquerda da área, recebeu marcação de Hangeland apenas com os olhos. Ficou fácil pro atacante chutar cruzado e abrir o placar.

Seis minutos mais tarde, piorou. Clyne cruzou da direita e Lambert, sozinho, na marca do pênalti, ampliou. Onze minutos depois do segundo gol, veio o último: de novo Hangeland deu espaço e Rodriguez, numa bela conclusão da lateral da área, mandou no ângulo de Stekelenburg, 3 a 0.

Assim como contra Arsenal e Swansea, os jogos anteriores, os Cottagers não resistiram no segundo tempo e, num intervalo de dez minutos, sofreram golpes fatais. A rodada deste sábado também não ajudou: com as vitórias de Cardiff, West Ham e Sunderland, o Fulham caiu pra 20ª posição, com os mesmos 19 pontos de quatro jornadas atrás.

No próximo final de semana, a luta pela sobrevivência terá mais um capítulo. Provavelmente reforçado por Mitroglou e Heitinga, o time de Meulensteen viaja a Old Trafford encarar um enfraquecido Manchester United.

Fulham: Stekelenburg; Riether, Hangeland, Burn, Richardson, Sidwell, Parker (Kasami), Kvist (Tankovic), Duff (Dempsey), Holtby e Bent.
Southampton: Boruc, Chambers (Clyne), Yoshida, Fonte, Shaw, Schneiderlin, Wanyama (Cork), Davis, Rodriguez (Gallagher), Lallana e Lambert.

Confira os gols do jogo aqui, direto do site do FOX Sports.