Preview: Norwich - Fulham



Mais uma vez, num intervalo de nove dias, Fulham e Norwich se enfrentam em Carrow Road, na cidade de Norwich. Porém, no confronto deste sábado (4), a disputa não é pela Premier League, mas sim pela terceira fase da FA Cup. O jogo será às 13 horas (de Brasília).

FA CUP

A Copa da Inglaterra, chamada de FA Cup por lá, é conhecida como o torneio mais antigo do mundo, tendo sido disputado pela primeira vez na temporada 1871/1872. Essa competição, onde várias equipes de várias divisões diferentes se enfrentam durante o torneio, foi pioneiro nesses moldes, que influenciou as copas nacionais pelo mundo todo.

A principal diferença entre a FA Cup e a Capital One Cup é  primeira contar com um número amplamente maior de equipes de todas as divisões da Inglaterra, enquanto o segundo conta com a participação das equipes até a quarta divisão. Com isso, a copa da Inglaterra é também considerado um torneio "matador de gigantes". É a oportunidade de times pequenos desbancarem os grandes, e resultados inesperados acontecerem, como na última edição onde o Wigan, que foi rebaixado ao final da temporada, foi campeão em cima do badalado Manchester City. 

Na atual edição, o número de equipes chegou a 758. As equipes de divisões extremas, que são amadoras, disputam uma espécie de qualificatório para o torneio. Então, na primeira rodada qualificatória entram as equipes do chamado 'level 7' e na segunda rodada as equipes da Conference North e South, algo como a sexta divisão, e na terceira rodada classificatória entram as equipes da quinta divisão inglesa, conhecida como Conference Premiere.

Dessas fases qualificatórias, restam apenas 32 equipes para aí serem adicionadas as equipes da quarta e terceira divisão, chamada League Two e League One, respectivamente, e começar a primeira rodada real da FA Cup.

As equipes das divisões superiores, primeira e segunda, entram apenas na terceira rodada da competição. O sistema de disputa consiste em apenas um jogo único por fase, e tendo apenas o segundo jogo em caso de empate no primeiro para decidir o classificado. O jogo final é disputado em Wembley.

Ao vencedor da copa, é garantido uma vaga na Europa League - além de disputar a Community Shield, equivalente a uma Supercopa, jogo único disputado contra o vencedor da Premier League. Depois dessa breve explicação do torneio, vamos ver as novidades das equipes para o confronto.

FULHAM
Dempsey de volta?A equipe londrina, que nos últimos três jogos conseguiu duas vitórias, finalmente conseguiu sair da zona do rebaixamento na depois de vencer o West Ham de virada. Com isso, mesmo a equipe estando há um ponto da zona do descenso, permite que o time vá um pouco mais tranquilo para a partida.

Neste torneio, poucas equipes da Premier League vão com suas equipes principais nas primeiras rodadas, em busca de manter-se na Premier League, e desta vez pode não ser diferente para o Fulham: mesmo estando com o time quase completo, com exceções de Stekenlenburg e Hangeland (ainda lesionados), Rene Meulensteen pouco provavelmente mandará sua força máxima a campo.

Ainda assim, poderemos contar com a reestreia do americano Clint Dempsey. Após sair do Fulham em busca de jogar a UCL para o Tottenham, o jogador não conseguiu ter muitas oportunidades e voltou aos Estados Unidos rumo ao Seattle Founders. Como no começo do ano não há competições de futebol no pais norte-americano, é comum alguns jogadores das equipes serem emprestadas por dois meses para disputar outros torneios, principalmente na Inglaterra.

Porém, quem pode estar indo embora é Berbatov. Com fortes rumores de sua saída para o Arsenal, o camisa 9 tem grandes chances de estar disputando suas últimas partidas pelo Fulham.

NORWICH

Pelo lado dos donos da casa, a equipe do técnico Chris Hughton, que não vence há cinco partidas, poderá utilizar a jovem promessa holandesa Ricky Van Wolfswinkel, que veio do Sporting na ultima temporada. O atacante, porém, ainda não conseguiu mostrar seu potencial.

As baixas dos Canaries são o zagueiro Michael Tumer, com contusão no tendão, e Jonny Howson ,com dores nas costas, além Leroy Fer, que cumpre suspensão.

RETROSPECTO 

O Fulham tem vantagem de vitórias contra o adversário: 18 a 10. Além disso, os Cottagers possuem um tabu de quase 28 anos sem perder dos Canaries. A última derrota foi em 1986. Nas últimas 13 partidas, o time White conseguiu dez vitórias no confronto. O último jogo foi realizado no Boxing Day, no dia 25 de dezembro, e o Fulham venceu de virada com um gol de Scott Parker.

FULHAM NA FA CUP

O Fulham não tem conseguido resultados expressivos em torneios de copa. Na atual temporada, foi eliminado nas oitvas-de-final da Capital One Cup e, na temporada passada, foi até as quartas-de-final da FA Cup, eliminado pelo Manchester United.

Elenco do Fulham na temporada 1974/75

Porém, há uma FA Cup na memória dos Cottagers por ser histórica: a Copa da Inglaterra de 1975. A equipe terminou apenas na sétima colocação da segunda divisão do campeonato inglês, mas fez história no torneio eliminatório.

A campanha foi bem árdua para os Cottagers. Na época, assim como hoje, a classificação era decidida em um jogo, e caso houvesse empate era disputado o replay, ou seja um outro jogo, porém com o mando de campo inverso, para decidir-se o classificado. Hoje em dia, caso no replay o empate persista, o resultado é decidido nos pênaltis, diferentemente de 1975, quando haviam replays até que houvesse um vencedor.

Assim aconteceu contra o Hull City ,na terceira rodada, onde foram necessários dois replays após dois empates, e contra o Nottingham Forest, em que foram necessário squatro jogos para decidir a classificação do Fulham.

Após isso, o sofrimento não parou, apesar de diminuir a quantidade de replays: vitória sobre o Everton de virada por 2 a 1, com dois gols de Viv Busby, na quinta rodada. Na sexta rodada, vitória magra sobre o Carlisle United, com gol de Barret.

Na semifinais, após empate de 1 a 1 contra o Birmingham, havia a necessidade do replay e os Cottagers venceram com um gol de John Mitchell no último minuto da prorrogação.

A final contra o West Ham foi no dia 3 de maio de 1975 em Wembley. Os Cottagers contavam com jogadores históricos como os já citados Viv Busby e John Mitchell, além Bobby Moore. Porém, dois gols de Alan Taylor, aos 15 e aos 19 minutos, tiraram o título do Fulham para consagrar os Hammers como campeoes do torneio.