Novidades no penúltimo dia de transferências


A chegada do volante dinamarquês William Kvist e a saída do meia argelino Adel Taarabt foram as novidades do Fulham no penúltimo dia da janela de transferências internacionais. Kvist vem do Stuttgart por empréstimo até o final da temporada, enquanto Taarabt assinou, pelo mesmo período, com o Milan.

Aos 28 anos, Kvist começou no Kobenhavn (onde chegou a atuar ao lado de Brede Hangeland) e, desde 2011, estava no futebol alemão. Pela Dinamarca, são mais de 40 partidas, incluindo convocações para a Copa do Mundo de 2010 e a Eurocopa de 2012.

O jogador, com características de marcação semelhantes às de Scott Parker, chega com a difícil incumbência de estancar a sangria defensiva do time na Premier League - é a pior defesa com incríveis 50 gols sofridos.

"A Premier League é a maior liga do mundo. Joguei na Bundesliga, que também é um grande campeonato, mas este é o maior desafio que você pode ter como jogador. Se Rene Meulensteen achar que estou apto, é claro que quero participar do jogo contra o Southampton", destacou o volante. O dinamarquês ainda não atuou em jogos oficiais no ano, mas vinha treinando com o Stuttgart.

Taarabt não convenceu
Se Kvist chega, Taarabt vai embora. O argelino está de mudança para Milão, onde tentará ajudar o Milan a sair da zona intermediária da tabela da Série A - o clube terá opção de compra, já que o meia pertence ao QPR.

A estadia de Taarabt no Craven Cottage foi curta e, podemos dizer, não será digna de lembranças. Contratado no último mês de agosto, foram apenas 12 jogos na Premier League, com nenhum gol marcado. Seu estilo individualista acabou minando suas chances com Meulensteen, que sequer o convocou pro jogo em Swansea, no começo da semana.

Base - Houve outras novidades nesta quinta para os Cottagers. Uma delas foi a volta de Cauley Woodrow, atacante de 19 anos que estava emprestado ao Southend United. A outra foi a extensão contratual do goleiro Marcus Bettinelli com o Accrington Stanley, até o fim desta temporada.