Welcome home, Clint Dempsey


Pouco mais de um ano após sua saída, Clint Dempsey foi anunciado nesta terça-feira como o presente de Natal para os torcedores Cottagers. O americano está de volta ao Fulham em um contrato de empréstimo por dois meses, durante o período de férias do Seattle Sounders. Aos 30 anos, Deuce terá a missão de ajudar a salvar o time do rebaixamento na Premier League.

O novo camisa 32 firmou contrato até março, quando se inicia a nova temporada da Major League Soccer. Em ano de Copa do Mundo, o meia lembrou a importância de estar em ação e como se sente ao voltar para Londres: "É um prazer estar de volta ao clube e ao lugar que é minha casa na Europa", disse em seu retorno.



Em 225 jogos pelo Fulham, que o contratara junto ao New England Revolution em janeiro de 2007, Dempsey anotou 60 gols - em 2012, Deuce ainda foi o jogador dos Whites com mais gols em uma campanha de Premier League, com 15. Também foi o primeiro jogador americano a atingir 50 gols na história da liga inglesa.

Nas cinco temporadas e meia em que ficou nos Cottagers, o meia foi eleito o melhor jogador do time em duas delas - as duas últimas. Contudo, em agosto de 2012, o jogador, que já havia deixado clara sua intenção de novos rumos no futebol, anunciou que estava se transferindo para o Tottenham. Nos Spurs, porém, pouco rendeu. Apenas sete gols em 29 jogos e, um ano depois, nova mudança de ares: desta vez de volta para seu país-natal, no Seattle Sounders.

Para você que entende inglês, confira o que o novo velho reforço falou em sua volta: