Repercussões: Fulham 2-0 Aston Villa


Já sabemos que, no último domingo, o Fulham venceu o Aston Villa pelo placar de 2 a 0 no Craven Cottage. Agora é a hora de sabermos como foram as repercussões do jogo na opinião do técnico Rene Meulensteen.

Na entrevista coletiva após o jogo, nosso manager demonstrou-se feliz e satisfeito com o resultado, coisa que há tempos não se via em Craven Cottage.

"Eu não poderia estar mais feliz e os jogadores devem estar muito satisfeitos com eles mesmos ", disse Meulensteen. "Tivemos qualidade do meio para a frente em um sentido de atacar. É um enorme evolução. Embora tenhamos perdido na quarta-feira para o Tottenham, trouxemos de volta aquela 'boa sensação' e recuperamos três pontos hoje. Os fãs podem ver que estamos num bom caminho".

"É um campeonato muito difícil - cada performance em cada jogo é importante e é assim que temos de abordá-lo".

Perguntado sobre como fez o time recuperar a confiança, depois de uma grande sequência de resultados negativos, Meulensteen respondeu: " Tranquilizei eles nos treinamentos, disse-lhes o que é necessário: qualquer desempenho é baseado em muito trabalho e empenho. Penso que os jogadores foram excelentes na quarta-feira. A energia era boa, só tinha que ter certeza que o time não ia desmotivar, pensando na derrota e foi o que nós fizemos hoje".

"Eu treinei o time como eu sempre treino e é como os jogadores que respondem. Uma das minhas maiores qualidades está no campo de treinamento".

Depois de retomar as boas atuações contra os Spurs, Berbatov continuou seu retorno à sua melhor forma técnica e Meulensteen destacou: " Ele faz a diferença. Eu penso que ele foi excelente na quarta-feira também, mas hoje ele mostrou do que ele é capaz. Eu tive uma boa conversa com ele, que disse estar totalmente comprometido com o Fulham e os jogos que temos à nossa frente".

"A palavra-chave é 'foco'. Qualquer time que tenha um bom foco e entender o trabalho  nas mãos, pode obter bons resultados".

Opinião do Blog: é visível a melhora no nível de atuação, após a saída de Martin Jol e a efetivação de Rene Meulensteen. Parece que temos outro time em campo. Esperamos que continue assim!