Goleados novamente


Pela terceira vez, o Fulham até fez uma boa atuação sob o comando de Rene Meulensteen. Contudo, pela segunda vez, saiu de campo derrotado e, pela terceira oportunidade nesta Premier League, foi goleado. O algoz da vez foi o Everton, que ganhou por 4 a 1 e jogou os Cottagers para a penúltima posição da liga. Além disso, os Toffees ampliaram a touca pra cima dos londrinos, com agora 21 vitórias seguidas no confronto quando jogado no Goodison Park.

Meulensteen apostou na manutenção do time que havia derrotado o Aston Villa no domingo passado. O esquema então, de novo, foi o 4-3-2-1, com três volantes e dois meias de chegada apoiando Berbatov.

O início do jogo foi promissor, com os londrinos marcando em cima e disputando cada bola com o time da casa. Porém, na primeira ocasião de gol do Everton, os locais abriram o placar. Pienaar encontrou Osman na área; o camisa 21 deixou Riise no chão e chutou no canto direito de Stekelenburg, 1 a 0.

O Everton, eliminado pelos Cottagers na Copa da Liga nesta temporada, criou ainda duas boas ocasiões de gol. Na primeira, Steke fez milagre numa finalização à queima-roupa de Lukaku; depois, o camisa 1 espalmou um chute de Coleman.

Berba fez mais um gol de pênalti
Na etapa final, o Fulham partiu pra cima e igualou as ações novamente. Com toques rápidos e apostando no talento de Kacaniklic, o time criou chances e quase empatou com o próprio sueco, que, na pequena área, isolou após rebote de Howard. Até que, aos 20, Kaca foi derrubado na área por Barry: pênalti que Berbatov não desperdiçou e empatou.

Com os comandados de Meulensteen mais próximos de ficar à frente do placar, mais uma vez a maior qualidade do Everton fez a diferença. Aos 27, Pienaar e Lukaku trocaram passes rápidos e o sul-africano cruzou pra Coleman só arrematar, 2 a 1. Mais 11 minutos e veio outro gol: Lukaku desviou após escanteio, Stekelenburg defendeu e, no rebote, Barry - impedido - anotou o terceiro. Nos acréscimos, ainda houve tempo pra Mirallas, em jogada individual, chutar cruzado e fechar a conta em 4 a 1.

Mesmo com uma atuação promissora, o Fulham voltou a sair derrotado, desta vez por um escore que fez com que o time tivesse, a partir de agora, a pior defesa da liga (30 gols sofridos). Pior: os Whites caíram pro 19º lugar, com 13 pontos. E sim, pode piorar: o próximo adversário é o embalado Manchester City, no Craven Cottage, no sábado que vem. Oremos.

Everton: Howard, Oviedo, Distin, Jagielka, Coleman, Barry, Osman, Pienaar (Stones), Barkley, Deulofeu (Mirallas) e Lukaku.
Fulham: Stekelenburg, Riether, Hughes, Senderos e Riise; Parker, Karagounis (Bent), Sidwell, Kacaniklic (Kasami) e Dejagah (Duff); Berbatov.

Confira os gols do jogo aqui, direto do site da FOX Sports.