Repercussões: Liverpool 4-0 Fulham


Conforme vimos no post anterior, o Fulham teve mais uma péssima atuação e foi goleado pelo Liverpool, no sábado, em Anfield Road. Agora é a hora de sabermos como foram as repercussões do jogo, na opinião do técnico Martin Jol.

Em entrevista após a derrota em Liverpool, nosso manager lamentou mais uma vez os erros defensivos do time e, principalmente, o gol contra do zagueiro Fernando Amorebieta.

"Você sabe que, se você enfrentar o Liverpool ou algum outro time da parte de cima da tabela - e o Liverpool está no topo nesta temporada - você tem que tentar não sofrer gols", disse Jol ao site oficial do Fulham. "Parecíamos bem durante os primeiros 20 minutos de jogo, mas depois sofremos o gol em um lance de bola parada. O segundo gol também foi de um lance de bola parada e ficou muito difícil para nós obtermos um bom resultado".

"Quando você está perdendo por 3-0 no intervalo, a prioridade é tentar não sofrer mais gols e diminuir a desvantagem. É um clichê dizer que temos de mostrar atitude no segundo tempo. Mas você tem que sair e tentar fazer alguma coisa. Nós fizemos, mas não foi o suficiente para obter um resultado depois de estarmos perdendo por 3 a 0".

"Temos vitórias contra o Crystal Palace, Stoke City e Sunderland, mas contra a força e a qualidade de um time, como Manchester United ou Liverpool, não conseguimos. Não é o fim do mundo, mas teria sido ótimo se tivéssemos feito o mesmo que fizemos há dois anos atrás, quando vencemos o Liverpool em casa e fora".

Esta foi a quarta derrota consecutiva do Fulham, contando com a eliminação da Copa da Liga Inglesa, e Martin Jol comentou sobre a sequência do time:

"Pouco antes do jogo contra o Southampton, embora não estivéssemos em um bom período, nós tínhamos vencido três dos quatro jogos anteriores", disse o técnico. "Então é isso que você tem que tentar fazer - manter a calma e tentar ganhar os pontos das equipes em torno de você. Espero que nos próximos sete ou oito meses, nossa equipe consiga ganhar pontos contra os times superiores, também, como costumávamos fazer nas temporadas anteriores".

O resultado deixa o Fulham na zona de rebaixamento e Jol continuou: "Todo treinador de qualquer equipe, que está entre as seis ou sete últimas posições, tem que continuar lutando. Acho que vamos ficar bem, mas sofremos muito nestes últimos jogos. Há muito mais equipes para tentarmos melhores resultados".

Não foi pela primeira vez nesta temporada que o Fulham concedeu gols em lances de bola parada, o que tem sido o "Calcanhar de Aquiles" do time. Sobre isso, Jol ponderou: "Se você ver o trabalho que estamos fazendo nos treinamentos, eu penso que estaríamos bem hoje. Fernando (Amorebieta) é bom no jogo aéreo para conceder dois gols assim, o que é decepcionante. A primeira coisa que você deve fazer é não lhes dar muito espaço para criar oportunidades, mas nós os respeitamos muito. Eu espero que façamos melhor no futuro e Fernando sabe disso".

Opinião do blog: com a entrada do Fulham na zona de rebaixamento, em mais uma atuação pífia, com certeza chegamos ao fundo do poço. Algo tem que mudar no Fulham, pois, caso contrário, disputaremos a Championship no ano que vem.

COME ON YOU WHITES!