Preview: Fulham - Crystal Palace


Nesta segunda-feira, fechando a oitava rodada da Premier League, o Fulham realiza um duelo vital na luta contra o rebaixamento. O time de Martin Jol faz um dérbi londrino contra o Crystal Palace, fora de casa, às 17h (de Brasília) - os Cottagers iniciam o dia na 17ª posição, duas acima do adversário desta tarde.

Apesar da fraca campanha Cottager, com apenas duas vitórias até aqui, o proprietário do clube, Shahid Khan, afirmou nesta semana que está apoiando o trabalho de Jol. "Martin é um treinador muito experiente. Ele é um bom sujeito. Nós tivemos um início em que não podemos ficar felizes, sendo você fã de Martin ou não. Queremos melhorar, mas não sou do tipo de agir por impulso", afirmou, rechaçando a possibilidade, muito ventilada recentemente, de haver mudança no comando técnico do Fulham.

Para o duelo contra o Palace, Jol terá os retornos de Aaron Hughes, recuperado de lesão, e Adel Taarabt, também apto após ficar no banco em um amistoso da seleção do Marrocos semana passada. A dúvida fica por conta de Scott Parker, que treinou nesta semana, mas ainda pode ficar de fora. De resto, a expectativa fica por conta do ataque, que, apesar da campanha não tão boa, vem gerando esperança para os fãs whites: Darren Bent (foto) e Dimitar Berbatov.

Pelos rivais de hoje, nenhum problema para o técnico Ian Holloway. O time deve ser o mesmo que perdeu na rodada anterior para o Liverpool, no Anfield.

Será apenas o terceiro confronto entre Fulham e Palace pela Premier League. Nos dois últimos, uma vitória para cada: na temporada 2004/05, as Águias venceram por 2 a 0 em casa, enquanto que os Cottagers fizeram 3 a 1 no segundo turno. Curiosamente, nos últimos quatro jogos entre eles, em três algum jogador do Fulham anotou um hat-trick (Andy Cole, Lee Clark e Luís Boa Morte). Para tentar repetir o feito hoje, o time visitante precisará superar a estatística que mostra os Whites como segundo pior ataque da atual Premier League.

Prováveis escalações:
Crystal Palace: Speroni, Ward, Delaney, Mariappa, Moxey, O'Keefe, Jedinak, Kébé, Puncheon, Jerome e Chamakh.
Fulham: Stockdale, Riether, Hangeland, Amorebieta, Richardson, Parker (Karagounis), Sidwell, Kacaniklic (Kasami), Ruiz, Bent e Berbatov.

Come On You Whites!