Internacionais Cottagers: três gols na noite de eliminatórias


Quinze jogadores do Fulham, incluindo o elenco profissional com a base, participaram da data FIFA desta terça-feira, que marcou a última rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo nas Américas e na Europa. Dos quinze, três marcaram gols: Giorgos Karagounis (foto), Alex Kacaniklic e Bryan Ruiz.

Karagounis, capitão da Grécia contra Liechtenstein, marcou um belíssimo gol de falta para completar a vitória grega por 2 a 0. Contudo, com a vitória da Bósnia na Lituânia, os bósnios asseguraram vaga direta para o Mundial no grupo G, enquanto os gregos precisarão passar pela repescagem - assim como aconteceu para a Copa de 2010, quando o time superou a Ucrânia no mata-mata.

Aos 36 anos, Karagounis chegou a anunciar aposentadoria da seleção, mas voltou atrás e, caso a equipe conquiste vaga para jogar no Brasil em 2014, é provável que vejamos o cottager atuando com a camisa 10 helênica.

Pelo grupo C, Kacaniklic fez sua parte no duelo da Suécia com a Alemanha. O camisa 19 recebeu lançamento em profundidade e, de canhota, tirou do goleiro Neuer, anotando 2 a 0 para os suecos. Porém, a equipe alemã reagiu e acabou ganhando por 5 a 3, em Solna. O jogo era um "amistoso de luxo", com a Alemanha já garantida na Copa e a Suécia já garantida na repescagem.

Pajtim Kasami estreou na seleção principal da Suíça aos 26 minutos do segundo tempo do confronto contra a Eslovênia, pela chave E. Na mesma partida, Philippe Senderos atuou 90 minutos. Os suíços venceram por 1 a 0, finalizaram a campanha com sete pontos de vantagem sobre a vice-líder Islândia e serão cabeças-de-chave no Mundial. A Islândia, do ex-cottager Eidur Gudjohnsen, foi a surpresa das eliminatórias europeias e jogará o mata-mata por uma vaga inédita na Copa. Os islandeses se garantiram com o empate na Noruega por 1 a 1 - Brede Hangeland foi o capitão do time norueguês.

Elsad Zverotic foi titular e completou a partida em que Montenegro sofreu uma humilhante derrota por 5 a 2, em casa, contra a Moldávia. Desta forma, os montenegrinos finalizaram a campanha no grupo H em terceiro lugar, seis pontos atrás da Ucrânia, que jogará a repescagem. A Inglaterra, treinada pelo lendário cottager Roy Hodgson, venceu a Polônia (2 a 0) e carimbou passaporte para o Brasil.
Ruiz fez um golaço

Na CONCACAF, a Costa Rica, que já estava com vaga garantida, venceu mais uma: 2 a 1 no México, em San José. Camisa 10 e capitão do time, Ruiz fez o primeiro gol em uma bela jogada, driblando a defesa adversária e finalizando sem chances para o goleiro Ochoa. Os costarriquenhos ficaram na segunda posição do hexagonal final, atrás somente dos Estados Unidos. Os americanos acabaram garantindo a vaga do México à repescagem, graças à vitória no Panamá por 3 a 2.

O Irã - um dos primeiros países a se garantir no Mundial - jogou contra a Tailândia, em Teerã, pelas eliminatórias da Copa da Ásia. Com Ashkan Dejagah atuando por 65 minutos, os iranianos venceram por 2 a 1 e lideram o grupo B com sete pontos.

No torneio amistoso da Copa da Paz, Neil Etheridge foi o goleiro das Filipinas na vitória sobre o Paquistão por 3 a 1, resultado que garantiu aos filipinos o título. Além dos dois países, o Taiwan também estava na disputa do torneio.

Agora os cottagers da base. Nas eliminatórias da Eurocopa sub-21, o goleiro Jesse Joronen atuou na derrota da Finlândia para a Moldávia (1 a 0); Lasse Christensen foi titular na bela vitória da Dinamarca em território russo (2 a 0); e Josh Pritchard assistiu do banco a vitória de Gales sobre San Marino (4 a 0).

No sub-19, os irlandeses Dean O'Halloran e Noe Baba atuaram no empate com a Bósnia, 1 a 1. Já Muamer Tankovic jogou até os 38 minutos da etapa final na goleada da Suécia sobre o Azerbaijão: 5 a 1.

Austrália vence em Craven Cottage - O dia também foi de amistoso no estádio do Fulham. A Austrália, após duas vexatórias derrotas de 6 a 0 para Brasil e França, fez fáceis 3 a 0 sobre o Canadá, diante de um público de pouco mais de 3.500 espectadores à beira do rio Tâmisa.