Repercussões: Sunderland 0-1 Fulham


Já sabemos que no sábado passado o Fulham venceu o Sunderland no Stadium of Light, em jogo válido pela primeira rodada da Premier League. Agora é a hora de sabermos como foram as repercussões do jogo, na imprensa e no próprio Fulham.

Na imprensa, o grande destaque foi o resultado Cottager, que de certa forma freou a filosofia chamada de "revolução de Sunderland", imposta pelo técnico Paolo Di Canio nos Black Cats. 

Também houve algum destaque para o gol do Fulham, marcado pelo jovem suíço Pajtim Kasami, em uma das poucas oportunidades criadas pelos cottagers.

Na tradicional entrevista coletiva após o jogo, Martin Jol falou sobre o resultado positivo no Stadium Of Light, as baixas por lesão e o jogo contra o Arsenal na próxima rodada.

"Há sempre uma preocupação antes da temporada, para que possamos ter um bom começo", disse Jol.

"É muito agradável começar a temporada vencendo, especialmente se você ver o nosso calendário. É gratificante conseguir os três pontos, pois é sempre um jogo difícil contra o Sunderland e na última temporada o fizemos bem aqui".


"Eles são um time forte e pressionam muito. Você tem que jogar o seu futebol, sair de trás no contra-ataque e passar a bola para os seus melhores jogadores, o que não conseguimos fazer hoje, então eu estava um pouco decepcionado. Mas, pensando bem, eu estou muito satisfeito com o resultado".

Prevendo o confronto contra o Arsenal, na próxima rodada em Craven Cottage, Jol acredita que a sua equipe precisa definir um padrão de jogo se quiser continuar tendo uma boa sequência na temporada.
 Temos que fazer melhor no futuro para obter resultados", destacou ele. "No segundo tempo foi o mesmo, tivemos que trabalhar duro e nos defendemos bem. Tivemos alguns problemas, [Fernando] Amorebieta não estava em condições de jogo e Kieran [Richardson] se lesionou aos 15 minutos, mesmo tendo feito uma grande pré-temporada".

"Briggs, que não jogou nenhum dos amistosos de pré-temporada, teve que entrar no time. E o nosso goleiro [Stekelenburg] saindo lesionado, não foi o melhor cenário que se podia ter no jogo, mas foi quase perfeito sair daqui com os três pontos. 



A lesão de Maarten Stekelenburg surgiu quando ele saiu do gol corajosamente nos pés de Jozy Altidore, mas sentiu um problema no ombro e teve que ser substituído por David Stockdale.

"Stekelenburg diz que é uma lesão complicada, mas espero que não seja tão grave como parece agora", afirmou o manager. "Ele teve antes no outro lado e não está deslocado, mas é doloroso e pode tirá-lo do time por algumas semanas. E Kieran Richardson teve uma lesão muscular".

O técnico também não poupou elogios ao jovem Pajtim Kasami, jogador de apenas 21 anos, que apareceu na área como elemento surpresa e fez o gol da vitória cottager.


"Se você ver a escalação antes do jogo, você não imaginava que isso poderia acontecer com Kasami e Matthew Briggs, que não jogaram durante a maior parte da temporada passada", acrescentou Jol. "Um jovem garoto marcar seu primeiro gol na Premier League e ainda ser gol da vitória, é claro que isto é algo que eu quero para ele".

"Eu quero que ele seja feliz, para jogar seu futebol e para desenvolvê-lo. Mandei-o para a Suíça no ano passado, por empréstimo, porque eu acho que ele é talentoso. Kasami é um jogador muito forte".

"Ele voltou, fez uma boa na pré-temporada e como Bryan Ruiz se recuperou até sexta-feira, eu pensei que talvez fosse bom começar com Kasami pela primeira vez. Ele estava feliz que eu escolhi ele, e eu estava feliz com ele", completou o manager.


Opinião do blog: é sempre agradável começar a temporada com uma vitória, porém, o time ainda não conseguiu definir um padrão de jogo e precisa melhorar suas atuações. Esperamos que Scott Parker, juntamente com outros reforços que ainda podem chegar, acrescentem mais qualidade ao time do Fulham.

COME ON YOU WHITES!