Nos contra-ataques, Fulham é derrotado no dérbi


Comparada com a atuação da estreia, quando deu um chute a gol e venceu o jogo, o Fulham teve um rendimento ofensivo até mais forte. Foram várias oportunidades criadas, mas a maioria delas desperdiçadas, e assim o time de Martin Jol levou 3 a 1 do Arsenal, em Craven Cottage, pela segunda rodada da Premier League.

A escalação apresentou duas novidades em relação ao time da estreia: o volante Scott Parker estreou na vaga de Derek Boateng, enquanto o lateral John Riise, após externar sua vontade de deixar o clube, ganhou nova oportunidade. Fora de campo, mais novidade. Shahid Khan, novo gestor cottager, saudou os fãs no gramado de Cottage pela primeira vez.

Debaixo de um verdadeiro temporal em Londres, a bola rolou e o Arsenal logo tomou as rédeas do dérbi. Aos nove minutos, Stockdale fez grande defesa em chute de Walcott. Aos 14, não teve jeito. Ramsey arriscou o chute, Giroud interceptou no meio do caminho e teve o trabalho apenas de tirar do goleiro, 1 a 0. A resposta white quase veio no minuto seguinte, mas o goleiro Szczesny impediu o gol de Berbatov e depois de Duff.


Bent estreou marcando, mas com o time perdendo
O Fulham foi tentando criar oportunidades, mas o contra-golpe Gunner foi fatal aos 40 minutos. Walcott foi lançado e chutou para boa defesa de Stockdale; na sobra, Podolski pegou em cheio e ampliou a vantagem dos visitantes.

A etapa final seguiu na mesma toada. Os locais ameaçaram logo com um minuto, numa grande fesa do goleiro Szczesny em chute de Taarabt. Mas, de novo, o gol foi do Arsenal. E em contra-ataque: a defesa deu espaço e Podolski recebeu para fuzilar, de canhota, na esquina da área, 3 a 0.

Já com Darren Bent, estreante, em campo, os Cottagers conseguiram seu gol. E justamente com o novo camisa 39, que completou uma finalização cruzada de Berbatov para diminuir o placar.

Fulham: Stockdale, Riether, Hughes, Hangeland, Riise, Parker, Sidwell (Karagounis), Duff (Bent), Taarabt, Kasami e Berbatov.

Arsenal: Szczesny, Sagna, Mertesacker, Jenkinson, Gibbs, Rosicky (Wilshere), Cazorla, Podolski (Sanogo), Ramsey, Walcott e Giroud (Monreal).

Confira os melhores momentos aqui, direto do site da Fox Sports.