Internacionais cottagers: Noruega respira, Costa Rica lidera

Noruega, de Hangeland (C), empatou no final
Mais uma rodada internacional foi fechada neste fim de semana e, claro, muitos cottagers entraram em campo. Nas eliminatórias para a Copa do Mundo, destaque para a Noruega, de Brede Hangeland, que buscou um empate nos minutos finais e manteve vivo o sonho de vir ao Brasil. Na CONCACAF, a Costa Rica, de Bryan Ruiz, venceu e chegou à liderança do hexagonal final.

Começamos pela Europa. Em Tirana, os noruegueses saíram perdendo para a Albânia e obtiveram a igualdade somente aos 42 minutos da etapa final, com um gol de Hogli. Com isso, o time de Hangeland - que foi, mais uma vez, capitão - ficou no quarto lugar da chave E. No sábado, a Suíça, de Philippe Senderos, ficou bem perto de garantir, no mínimo, a vaga na repescagem. O time sofreu, mas bateu o Chipre por 1 a 0 e chegou aos 14 pontos. Logo atrás, está tudo embolado. Confira: Albânia 10, Islândia 9, Noruega 8, Eslovênia 6 e Chipre 4.
Gol suíço contra o Chipre veio aos 45 da etapa final
Pelo grupo C, Kacaniklic não conseguiu impedir a derrota sueca frente à Áustria, em Viena: 2 a 1. A Alemanha, com 16 pontos, pode se considerar praticamente garantida no Mundial. A briga será mesmo pela vaga na repescagem, com Áustria e Irlanda (11) e suecos (8) em condições. A seleção amarela deve se juntar a austríacos e irlandeses na terça - para isso, basta ganhar da lanterna Ilhas Faroe em jogo atrasado.

No grupo G, a Grécia fez sua parte ao vencer a Lituânia, em Vilnius, por 1 a 0. Giorgos Karagounis, que não vai permanecer para a próxima temporada nos Whites, foi o capitão e camisa dez dos helênicos. Quem lidera a chave é a Bósnia, com 16 pontos, três a mais que os gregos.

Nas eliminatórias das Américas do Norte, Central e Caribe, a Costa Rica fez valer o mando de campo e ganhou de Honduras por 1 a 0. Bryan Ruiz foi titular e atuou até a metade do segundo tempo. Ele estava em campo quando Roy Miller pegou o rebote do goleiro Valladares e anotou o gol da partida. Os costarriquenhos têm sete pontos, mesmo número de México e Estados Unidos, mas estão na frente graças ao saldo de gols.

Costa Rica, com gol de Miller, bateu Honduras
Neste domingo, o camaronês Eyong Enoh não conseguiu impedir a derrota de seu time para Togo (2 a 0), resultado que embolou o grupo I faltando duas rodadas. A Líbia assumiu a liderança com seis pontos, mesmo número que os camaroneses. A seguir vêm Congo (cinco) e Togo (quatro). Na África, apenas o líder da chave se classifica para o mata-mata decisivo.

Nas seleções de base, o israelense Omri Altman viu do banco sua seleção, sede do torneio, praticamente cair fora da disputa após dois jogos. Na estreia, empate contra a Noruega em 2 a 2. Depois, derrota acachapante para a Itália (4 a 0).

Por fim, nas eliminatórias da Euro sub-19, o atacante Muamer Tankovic, de 18 anos, viu sua Suécia apanhar da Áustria: 3 a 0.