Repercussões: Everton 1-0 Fulham

Martin Jol cumprimenta o técnico do Everton, David Moyes
Já sabemos que, no último final de semana, o Fulham amargou mais um derrota fora de casa, desta para o Everton. Agora é a hora de sabermos como foram as repercussões do jogo, na opinião do técnico Martin Jol.

Na tradicional entrevista coletiva, após o jogo, Martin Jol admitiu a fraca atuação do time.

"Eu acho que com um pouco de sorte, poderíamos ter conseguido um ponto, mas foi uma vitória merecida para eles", admitiu o manager, após o jogo. "Tivemos uma grande chance, alguma vezes conseguimos superar a marcação, mas não foi o suficiente para sair com um bom resultado deste jogo".

"Na primeira etapa, nós não jogamos com um propósito, jogamos como azarões e nós não queremos isso. O segundo tempo foi um pouco melhor e tivemos algumas oportunidades - alguns cruzamentos, algumas chances de gol e, como eu disse, uma grande chance para Urby Emanuelson".

"Mas, no final, quando nós mudamos a nossa forma de jogar, parecíamos um pouco soltos em campo e, em seguida, eles tiveram duas grandes chances, as quais poderiam ter lhe concedido uma vantagem de dois ou três gols".

A derrota para o Everton foi a terceira seguida do Fulham jogando fora de casa, e, quando questionado sobre a sequência negativa do time, Jol insistiu que as atuações fora de casa "melhoraram".

"Nosso desempenho fora de casa não é tão ruim como era antes", disse o manager. "Nós tivemos muitos empates e três vitórias. Perder por 1 a 0, contra o Everton, eu não diria que eu posso conviver com isso tranquilamente, deveríamos ter mostrado um pouco mais e eles foram um pouco mais forte fisicamente, porque eles são um time forte".

"Se você comparar com os atacantes do Everton, que deram trabalho a nossa defesa, eu não acho que nós lhes demos trabalho".

Uma grande preocupação para Jol foi a saída precoce do artilheiro Dimitar Berbatov. O atacante saiu de campo mancando no primeiro tempo, e nosso manager admite que poderá ter um problema para os próximos jogos.
"Eu acho que Dimitar teve um desgaste na panturrilha, mas espero que não seja nada grave", disse ele. "Ele poderia ficar fora do time por alguma semanas".