Repercussões: Fulham 0-1 Arsenal



Fulham vs. Arsenal: mais um derby que não termina bem para os cottagers
No último sábado, o Fulham perdeu seu segundo derby londrino seguido. Desta vez, a derrota foi parao Arsenal, que com outra falha da zaga cottager em jogadas aéreas, fez o golque que deu a vitória com Mertesacker.

E o principal destaque da imprensa, pelo lado do Fulham, foi a expulsão do meio-campista Steve Sidwell logo aos 12 minutos de partida. Ele estava voltando justamente de uma suspensão de três partidas por cartão vermelho, frente ao QPR, e agora cumprirá quatro jogos, o que o tira do restante da temporada.
Entrada de Sidwell que resultou em sua expulsão
Por conta disso, a imprensa acredita que o Fulham não conseguiu ter forças para bater ao Arsenal, que vem lutando bravamente para ter uma vaga na UEFA Champions League da próximatemporada (venceu oito dos últimos dez jogos).

Mas, para o técnico Martin Jol, o Fulham mereceu sorte melhor neste jogo: “O Arsenal teve um chute delonga distância nos segundos finais, mas eu não me lembro de muitas outraschances. Com as possibilidades que tivemos, especialmente no primeiro tempo, nóstivemos alguns pontos perfeitos neste cenário (para marcar o gol)”.

“Se você ver, nos últimos dez minutos, nós substituímos jogadores e tentamos conseguir algo a mais e eu acho que merecemos algo a mais”.

Berbatov não conseguiu salvar o time dessa vez
Após alcançar os 40 pontos desejados, o técnico Martin Jol olha pra frente e busca a pontuação mais próxima dos 50: “Nós queremos alguns resultados e chegar perto dos 50 pontos. É claro que temos um calendário pesado e após o resultado de hoje (sábado), conseguir esses pontos ficará mais difícil”.
 
E, mesmo com o resultado adverso, um jogador em especial pode ficar feliz na partida. Alex Kacaniklic voltou de empréstimo junto ao Burnley e ficou feliz com sua volta ao Fulham: “Estou feliz em voltar ao Fulham”, admitiu, antes de prosseguir. “Foi ótimo por a camisa de novo e estar com meus colegas de equipe”.

O jovem sueco, mesmo com a derrota, aprovou o desempenho da equipe: “Nós não podemos ficar felizes com o resultado, mas nós podemos ficar felizes com a forma que respondemos e jogamos. Para mim, há fatores positivos mesmo com o resultado. Mas no final do dia a derrota é uma derrota e é isto o que conta”.
 
O próximo jogo será neste sábado, contra o Everton, na cidade de Liverpool.