Preview: Fulham - QPR




Fulham e Queens Park Rangers se enfrentarão nesta segunda-feira (1º de abril) pelo segundo turno da Premier League. Após praticamente duas semanas sem jogar, o time white volta a campo para disputar o West London Derby, em busca de lugares mais altos entre os dez melhores da tabela. Já o QPR, com tantos investimentos, busca desesperadamente fugir do rebaixamento que há pouco tempo atrás era bem mais provável.

HISTÓRIA

O derby é disputado desde o longínquo ano de 1892, em que Fulham e Queens Park Rangers se encontraram na final da West London Cup, com vitória de 3 a 2 para os adversários desta segunda. Porém, mesmo sendo um clássico tão antigo, não há muitos confrontos, muito por conta das constantes mudanças de divisão de ambas as equipes. Mesmo assim, o confronto carrega uma grande rivalidade, muito porque as duas equipes ainda conseguem manter um equilíbrio nos confrontos - diferente do que acontece com os outros clubes do oeste de Londres, como Chelsea (que por conta dos investimentos o deixaram mais forte) e o Brentford (que há muito não disputa a premier League).

Mesmo assim, desde que voltou a primeira divisão na temporada passada, a rivalidade tem ganhado mais capítulos: O técnico Mark Hughes trocou o Fulham pelo QPR alegando que o novo clube era mais ambicioso, muito por conta dos investimentos feitos na equipe. Mas no primeiro reencontro das equipes, o Fulham massacrou o QPR por 6 a 0 em Craven Cottage. Após isso, as transferências de Bobby Zamora e Andrew Johnson, que eram jogadores cottagers, causaram também um afloramento da rivalidade. Porém, os dois atacantes não conseguiram sucesso em Loftus Road.

AS EQUIPES

E para este jogo, o único problema de Martin Jol continua sendo o meio campista Mahamadou Diarra. Após exames, foi descoberto que o jogador do país de Mali continua com problema no joelho esquerdo, e precisará de uma terceira cirurgia no local. Segundo o técnico do Fulham, o jogador ficará de fora do restante da temporada.

Os jogadores Eyong Enoh e Bryan Ruiz farão testes físicos antes do jogo para saber se estarão aptos para jogar. Brede Hangeland, que teve seu contrato recém renovado, estará também à disposição de Martin Jol.

Pelo lado dos Hoops, a maior dúvida de Harry Redknapp é justamente com um dos jogadores que fizeram história em Craven Cotage: Bobby Zamora. O atacante aproveitou a última data FIFA para conseguir se recuperar de uma contusão no calcanhar e é nome quase certo no ataque dos visitantes. Além de Zamora, o atacante Taarabt também é dúvida para o confronto desta segunda, assim como Traoré, com dores na panturrilha. O também ex cottager Andy Johnson está fora do jogo por conta de uma contusão no joelho.

FIQUE DE OLHO

Bobby Zamora: um dos ídolos da história recente do Fulham, o atacante está agora do outro lado e como sempre mostrou nos tempos de Craven Cottage, tem o faro de gol muito aguçado.

Loic Remy: jovem talento da seleção francesa, vindo do O. de Marselle, Remy fez apenas seis jogos pelo time londrino, graças a uma contusão, mas fez já três gol, incluindo na sua estreia contra o West Ham.

CONFRONTO

Justamente por esta constante alternância entre as divisões do futebol inglês, Fulham e QPR jogaram apenas 21 vezes na história, e os Hoops tem a vantagem nas vitorias: 13 a 8 (eles tiveram ainda quatro empates). O último confronto não têm boas lembranças para os Whites: 2 a 1 em Loftus Road

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES:
Fulham: Schwarzer; Reither, Senderos, Hangeland, Riise; Sidwell, Karagounis, Duff, Dejagah; Ruiz e Berbatov.

QPR: Júlio César; Bosingwa, Samba, Hill, Fábio; Mibia, Jenas, Park; Remy, Townsend e Zamora.