Preview: Fulham - Chelsea



Fulham vs. Chelsea, em Craven Cottage
Nesta quarta feira, Fulham e Chelsea protagonizam o SW6 Derby, em jogo adiado da 29ª rodada - em virtude do jogo entre Chelsea e Manchester United pelas quartas de final da FA Cup. Além da grande rivalidade entre as duas equipes, o jogo é de muita importância para as duas equipes em relação a tabela de classificação. A partida será realizada em Craven Cottage, às 16h (Horário de Brasília).


HISTÓRIA



Fulham e Chelsea fazem o derby cercado de muita rivalidade, pois além de serem da mesma cidade, fazem parte do mesmo bairro, tendo seus estádios a uma distância de cerca de 2,5km. Não bastasse isso, a história da fundação de nossos rivais tem grande participação do Fulham. 

Os irmãos Henry Augusto e Joseph Mears adquiriram o estádio Stamford Bridge com intuito de receber grandes eventos esportivos, e com essa finalidade tentaram convencer o então presidente do Fulham, Henry Norris, a adotar o estádio como sua casa. Porém, o acordo não foi selado e os irmãos Mears decidiram fundar seu próprio time: o Chelsea FC.



Luis Boa Morte quebra o jejum de 27 anos sem vitória no derby
Contudo, a rivalidade entre Fulham e Chelsea é sustentada principalmente por conta da proximidade e pela história, pois os confrontos mostram uma enorme desigualdade. Isso devido ao fato dos times não terem participado da mesma divisão por muito tempo, principalmente entre as décadas de 70 a 90. Época em que os times estiveram na mesma divisão apenas cinco vezes.



Além disso, o forte poderio financeiro do Chelsea fez com que estes tivessem soberania nos confrontos entre as duas equipes: desde 1910 (ano do primeiro confronto entre as duas equipes, que terminou em 1 a 0 para o Fulham, em Craven Cottage) foram 70 partidas, tendo os Blues vencido 40 e os Whites apenas sete, com 23 empates. Destes 23 empates, cinco deles aconteceram nas últimas partidas entre as duas equipes, não tendo um vencedor desde novembro de 2010.

 
Último confronto entre as duas equipes terminou em 0 a 0

A última vitória do Fulham sobre o Chelsea foi exatamente em Craven Cottage. Com gol de Luis Boa Morte, os cottager venceram por 1 a 0 em 2006, quebrando um tabu de 27 anos sem vitória. Esta vitória, aliás, é única do Fulham em 23 derbys contra o Chelsea pela Premier League.



No último confronto, em Stamford Bridge, as equipes fizeram um jogo muito truncado e não saíram do zero a zero.




EQUIPES



The Programme do derby

O Fulham vem de um empate fora de casa contra o Aston Villa. Empate que foi comemorado por Martin Jol e seus comandados, pois fez com que a equipe alcançasse os 40 pontos e deixasse remotas as possibilidades de a equipe ser rebaixada. O desafio agora é buscar a melhor colocação possível e tentar superar o sétimo posto de 2009, até agora a melhor posição da equipe na Premier League.



O retrospecto nos clássicos londrinos, neste segundo turno do campeonato inglês, é animador: vitórias diante de West Ham, Tottenham e QPR.



E, para o desafio desta quarta, Martin Jol não poderá contar com dois ex-jogadores do Chelsea: Sidwell cumpre o terceiro jogo de suspensão causada pela expulsão diante do QPR e Duff, que com dores na coxa saiu no fim do jogo contra o Aston Villa. Além deles, Mahamadou Diarra e Ashkan Dejagah estão fora do restante da temporada por contusão.



Já o Chelsea encara esta partida como um jogo vital para suas pretensões de disputar à próxima UCL. Os Blues disputam ponto a ponto com Arsenal e Tottenham quem serão os dois que ficarão no terceiro e quarto lugar, e assim estar no torneio continental na próxima temporada. 

O Chelsea está na quarta posição com 58 pontos, mesma pontuação dos Spurs e dois pontos abaixo dos Gunners. Porém, estão com um jogo a menos em relação ao Tottenham e dois em relação ao Arsenal. E uma destas partidas atrasadas é justamente contra o Fulham, por isso a importância deste jogo é enorme.


E, para tentar a vitória, o técnico Rafa Benitez terá a volta dos importantes jogadores John Terry e Frank Lampard, que não estiveram na derrota que eliminou os Blues da FA Cup diante do Manchester City, no último domingo. Porém, Benitez não poderá contar com o lateral Ashley Cole e o zagueiro Gary Cahill, com contusões no tendão e joelho, respectivamente.  Romeu, com contusão no joelho, também fica fora do jogo por lesão no joelho.

Abramovich (E e Al Fayed (D) assistiram juntos o derby em Craven Cottage


FIQUE DE OLHO



Juan Mata: o jogador tem sido um dos principais jogadores do Chelsea nesta temporada. Tem se destacado por ter boas atuações tanto como meia pela esquerda, direita ou central. Além disso, tem feito muitos gols (foram 18 nesta temporada).



Frank Lampard: o meio-campista é um dos principais jogadores dos blues há alguns anos. Recentemente, marcou seu gol de número 200 com a camisa azul e está a dois de atingir a marca de Bobby Tambling, e se tornar o maior artilheiro da história do clube. O meia já marcou seis gols em Craven Cottage.



Ramirez: o brasileiro é tido como um dos jogadores mais importantes da equipe por sua regularidade e capacidade de atacar e defender com extrema eficiência.

PROVAEIS ESCALAÇÕES

Fulham: Schwarzer; Reither, Hangeland, Senderos, Richardson; Manolev, Enoh; Karagounis, Emanuelson; Ruiz e Berbatov.

Chelsea: Cech; Azpilicueta, Ivanovic, Terry, Bertrand; Luiz, Lampard; Hazard, Mata, Oscar; Ba. 

GALINHAS

E as galinhas tem sua previsão do jogo. Confira aqui o que previu "Mark Sqwarkzer".