Preview: Fulham - West Ham

Fulham vs. West Ham é o desafio dos Whites pela Premier League
Após a eliminação da FA Cup em Old Trafford, o Fulham volta suas atenções para a Premier League. O confronto desta quarta feira será um derby londrino contra o West Ham em Craven Cottage.

E além de ser um derby, já cercado de habitual rivalidade, o confronto é carregado de tensão e importância na tabela. O West Ham ocupa a 12ª colocação, duas posições a frente do Fulham com dois pontos de vantagem. As equipes, que fazem campanha irregular nesta temporada, precisam da vitória, pois a zona de rebaixamento está próxima (Aston Villa é o primeiro na zona de rebaixamento está a cinco pontos do Fulham).


Fulham e West Ham em Craven Cottage
Essa tensão é causada pela péssima campanha que ambos tem feito. Nos últimos oito jogos pela Premier League, os Cottagers venceram apenas duas partidas, sendo que a última vitória dentro de casa foi contra o Newcastle, em dezembro. Os Hammers também não ficam muito atrás, pois nos últimos seis jogos conseguiram apenas uma vitória.


E pelo lado dos donos da casa, a grande expectativa é a estréia de Emmanuel Frimpong. O ganês, que foi contratado na última sexta feira por empréstimo junto ao Arsenal, tem grandes chances de fazer sua estréia no meio campo cottager. Além dele, quem está à disposição é Simon Davies, que após longo tempo de recuperação de contusão está apto a jogar. Porém, não é certo que Martin Jol o utilize neste jogo por conta da sua falta de ritmo.


Jol ainda não poderá contar com os contundidos Kieran Richardson (panturrilha), Mahamadou Diarra (joelho) e Kerim Frei (pélvis).

Dempsey marcou na ultima vitória sobre o West Ham
Pelo lado do time de Upton Park, o técnico Sam Allardyce também está na expectativa de poder utilizar seu novo reforço: Emanuel Pogatetz. O defensor estava atuando no Wolfsburg, já atuou pela Premier League com o Middlesbrough e tem experiência nos gramados ingleses. 

Outra boa notícia para os Hammers é possível volta de Andy Carroll, que sofreu uma lesão no joelho em Novembro e desde então estava fora de combate. Há grandes possibilidades de o atacante estar no banco em Craven Cottage e atuar durante uma parte do jogo.
O atacante brasileiro Wellington Paulista jogou na segunda feira pelo sub-21 (e acreditem, até marcou gol), mas provavelmente não estreará em Craven Cottage, e sim na rodada do fim de semana.


Os jogadores que não estarão à disposição de Allardyce são: George McCartney (lesão no joelho), James Collins (problemas no tendão).


FIQUE DE OLHO

Os destaques do West Ham são: 
Joe Cole: depois de passar por times grandes como Chelsea e Liverpool, o jogador voltou aos Hammers e quando atuou foi muito perigoso com suas assistências e passes.


Mohamed Diame: meio-campista que veio do Wigan no verão europeu, sofreu uma lesão, mas está de volta. Tem boa chegada à frente, além de ter muita qualidade no chute de longa distância.


RETROSPECTO

West Ham e Fulham na final da FA Cup 1974-1975
Fulham e West Ham tiveram seu confronto mais importante e histórico na final da FA Cup da temporada 1974-1975. O Fulham comandado por Bobby Moore (ídolo do West Ham), que disputava a Second Division, buscava seu primeiro titulo de expressão nacional, porém na final em Wembley, Alan Taylor do West Ham com dois gols em cinco minutos acabou com o sonho Cottager de ser campeão.

No confronto geral, o West Ham possui 38 vitórias, contra 28 vitórias do Fulham e 20 empates. O desempenho do Fulham é ainda pior quando levado em conta jogos só da Premier League: foram 17 jogos e apenas duas vitórias Cottagers (com cinco empates e dez derrotas). Na última partida, no primeiro turno da Premier League, o West Ham venceu por 3 a 0, em Upton Park.

GALINHAS



PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Fulham: Schwarzer; Riether, Riise, Hughes, Hangeland; Karagounis, Duff, Sidwell, Kacaniklic; Berbatov, Rodallega.

West Ham: Jaaskelainen; Demel, Tomkins, Reid, O'Brien; Cole, Noble, Diame, Jarvis, Nolan; Cole.