Após minutos finais dramáticos, Fulham empata em Reading

Berbatov fez um dos gols no emocionante jogo fora de casa
Quatro gols nos últimos 12 minutos, duas chances claras contrárias e o justo resultado de empate. Assim foi Reading e Fulham, que ficaram no 3 a 3 após um jogo dramático no Majedski Stadium, pela nona rodada do campeonato inglês. Os gols cottagers foram marcados por Ruiz, Baird - pela segunda rodada seguida - e Berbatov. Esses gols deixaram os Cottagers num momentâneo sétimo lugar, com 14 pontos.

Com praticamente todos os jogadores à disposição, Martin Jol optou por deixar Rodallega e Berbatov no ataque, sendo que o búlgaro recuava quando o time não tinha a bola e se transformava num marcador - um tanto desajeitado, mas um marcador. Jol ainda contou com um azar: ao comemorar o seu gol, Baird se lesionou e precisou ser substituído, como veremos a seguir.

A primeira jogada de perigo foi dos Royals, e criada por dois ex-Cottagers. Shorey cruzou e Pogrebnyak cabeceou rente à trave direita de Schwarzer. Na segunda ocasião de gol, o Reading abriu o placar. Aos 25, o contra-golpe foi armado por McAnuff e finalizado por Leigertwood, que bateu de primeira e acertou o ângulo do camisa 1 do Fulham. O primeiro tempo não teve mais lances de perigo, com o time da casa recuando e deixando os londrinos com a bola, embora esses não soubessem o que fazer com ela.

Para a etapa final, o Reading até começou em cima, com Roberts criando uma chance aos 10 minutos, sendo abafado por Schwarzer. Na sequência, a entrada de Ruiz no lugar de Rodallega mudou a atuação Cottager. Aos 16 (três minutos após vir a campo), o costarriquenho recebeu de Duff e acertou um chutaço, na entrada da área, para empatar o confronto.
Ruiz (E) entrou e marcou pouco depois
A partir daí, o jogo entrou em um ritmo frenético: aos 20, Berbatov concluiu na rede por fora; aos 29, Kebe testou Schwarzer com um chute da entrada da área; aos 30, Baird cobrou falta e a bola, desviada, foi para escanteio. Na cobrança, o próprio volante se antecipou à marcação e, num lance igual ao ocorrido contra o Aston Villa, cabeceou para deixar o Fulham em vantagem.

Mas esta vantagem durou pouco. Novamente, os problemas whites com os minutos finais de jogo vieram à tona e, aos 39, McCleary recebeu na área e, de primeira, igualou o jogo em 2 a 2. Três minutos mais tarde, Sidwell, que entrou no lugar do lesionado Baird, passou para Berbatov, que ajeitou e fuzilou o goleiro com um chute no canto esquerdo, 3 a 2. Mais três minutos e o novo empate: cruzamento na área, a defesa londrina falhou e Robson-Kanu aproveitou para fazer o 3 a 3.
Robson-Kanu (E) empatou nos acréscimos, para desespero de Hangeland (C)
Ainda houve tempo para o Reading criar duas chances claras de vencer o jogo. Primeiro, Schwarzer foi herói ao salvar uma finalização da entrada da área e mandar para escanteio. Na cobrança, Roberts desviou, da pequena área, e a bola passou perto do gol. Mas ficou assim: 3 a 3 e um justo empate pelo rendimento de ambos os times. No próximo sábado, o Fulham recebe o Everton.

Reading: McCarthy, Kebe (Robson-Kanu), Gorkss, Mariappa, Shorey, Cummings, Leigertwood, McAnuff, Tabb (McCleary), Roberts e Pogrebnyak (Le Fondre).

Fulham: Schwarzer, Riether, Hughes, Hangeland, Riise, Baird (Sidwell), Diarra, Duff (Dejagah), Richardson, Rodallega (Ruiz) e Berbatov.
R3-3F www.fasthighlights.com por fasthighlights-2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário