Repercussões: Wigan 1-2 Fulham

Duff e Rodallega, os artilheiros do jogo!
No sábado, o Fulham venceu o Wigan Athletic fora de casa pelo placar de 2 a 1. Agora é a hora de sabermos como foram as repercussões do jogo na imprensa inglesa e a opinião de Martin Jol, sobre a vitória cottager sobre os Latics.

Na imprensa inglesa, conforme esperado, o maior destaque foi para o atacante Hugo Rodallega, que marcou um gol no primeiro jogo contra seu ex-clube. Também houve destaque para a dupla de ataque, formada por Berbatov e Rodallega, que vêm demonstrando entrosamento e ajudou o Fulham a conquistar duas vitórias consecutivas.

O site oficial do Fulham, por sua vez, destacou também a volta do meia-atacante Bryan Ruiz ao time. Após passar duas semanas se recuperando de uma lesão, o costarriquenho substituiu o garoto Alex Kacaniklic, aos 59 minutos, e fez a assistência para o gol de Damien Duff.

Após a vitória no DW Stadium, o técnico Martin Jol falou à imprensa em entrevista coletiva sobre os fatos do jogo:


"Essa foi uma decisão que eu tive que tomar, pois Bryan Ruiz é o nosso camisa 10", disse Jol sobre sua escolha ao escalar a mesma equipe que venceu o West Bromwich Albion, na semana passada.

"Eu sabia que Rodallega provavelmente estaria muito ansioso e motivado para ajudar o time e também para marcar o seu gol. E foi exatamente isso que ele fez, o que foi muito gratificante para nós".

Questionado sobre a não-comemoração de Hugo Rodallega, que marcou seu primeiro gol com a camisa do Fulham, justamente contra seu ex-clube, o manager afirmou não estar surpreso com a atitude do atacante.

"Ele sempre foi o principal artilheiro do Wigan na Premier League e mostrou respeito aos torcedores [por não comemorar]", explicou Jol. "E eles mostraram-lhe respeito, assim como fizemos, quando marcamos o primeiro gol com ele".

Martin Jol também falou sobre Dimitar Berbatov, que apesar de não ter marcado nenhum gol no jogo, demonstrou mais uma vez estar em forma e teve boa atuação durante os 90 minutos no DW Stadium.

"Eu sempre achei ele um jogador fantástico", disse Jol de seu número 9. "Uma coisa que agora eu vejo é que ele pode jogar em uma posição diferente, mas também porque se você vai jogar contra o Wigan, em um jogo fora, você pode apostar em jogar com dois atacantes. Na maioria das vezes no ano passado, mudamos nossa cultura de jogo e fomos mais para o 4-3-3 [fora de casa].

"Eu fiz uma aposta ao jogar com Rodallega - como homem de área - e Dimitar [Berbatov] mais recuado, o que funcionou muito bem e você poderia imaginá-lo como um número 10, que é um papel diferente do que ele está ascostumado".

Opinião do Blog: Uma boa vitória fora de casa, é esta a atuação que esperamos do Fulham. O técnico Martin Jol merece todo o crédito pelo resultado, visto que a dupla Rodallega e Berbatov resolveu os problemas do ataque cottager.

COME ON YOU WHITES!

2 comentários:

  1. e um destaque para o duff tbm, vem jogando todas as partidas e bem, com 3 gols em 5 jogos, o artilheiro cotager

    ResponderExcluir