Fulham joga bem, mas perde em Manchester

Van Persie (20), de canhota, fez seu primeiro gol pelo novo clube
Faltou pouco. O Fulham fez um bom jogo, em especial no segundo tempo, mas acabou derrotado pelo Manchester United por 3 a 2, neste sábado, pela segunda rodada da Premier League. Apesar do revés, os comandados de Martin Jol seguem entre os primeiros na tabela: o time é o quinto colocado. E quase que saiu de Old Trafford com um empate.

De última hora, Jol não pode contar com John Riise, lesionado. Matthew Briggs, especulado para ser emprestado a algum clube de divisão inferior, foi o titular na lateral-esquerda. Já o United tinha, pela primeira vez, Robin Van Persie como titular.
Duff (C) abriu o placar pros Whites
O começo de partida não poderia ser melhor para os londrinos. Logo a dois minutos, o gol. Ruiz cobrou falta sofrida por Petric na lateral da área e mandou rasteiro para Duff chegar finalizando, 1 a 0. Contudo, a vantagem durou pouco. Aos dez minutos, Van Persie aproveitou cruzamento da esquerda e, de primeira, mandou um belo chute no canto esquerdo de Schwarzer. Era o empate dos Red Devils.

Aos poucos, os mandantes foram tomando as rédeas do jogo e empurrando o Fulham contra a sua defesa. Young e Valencia assustaram Schwarzer antes de o United enfim virar o placar. Foi aos 35 minutos, quando Cleverley chutou da entrada da área, o camisa 1 dos Whites deu rebote e Kagawa, livre, aproveitou para virar o placar. Os Cottagers reclamaram impedimento, mas Riether dava condições ao japonês. 

O United seguiu pressionando e acumulando ocasiões. Kagawa acertou a trave aos 37 minutos - no mesmo lance, Rafael empurrou para o gol, mas o juiz acertadamente conferiu o impedimento. E, aos 40, a marcação deu mole e o time da casa chegou ao terceiro gol: Young cruzou da esquerda e o baixinho Rafael, marcado de longe por Petric, cabeceou pro fundo do gol. 
Dembele recebendo marcação de Cleverley
Ainda houve tempo de o Fulham quase descontar, num lance em que foram três chances desperdiçadas. Kacaniklic parou em De Gea; na sobra, Petric bateu e De Gea desviou antes de a bola pegar no travessão; por fim, Ruiz mandou por cima.

Sem alterações, os Whites foram para o segundo tempo tentando ficar mais com a bola. Mesmo com muitas dificuldades, o time ganhou de presente o segundo gol, aos 17. Briggs levantou na área sem pretensões, mas Vidic desviou de De Gea e fez um bizarro gol contra, 3 a 2. Logo após o gol, os visitantes ensaiaram uma pressão. Dembele criou duas boas oportunidades, mas parou no goleiro dos Red Devils em ambas.

No último minuto de acréscimo, mais uma vez De Gea negou o empate ao Fulham com uma defesa em cabeçada de Ruiz. Pouco antes, o United ficara com um a menos, após a forte dividida entre Rodallega e Rooney, que deixou um rombo na coxa do camisa 10 dos mandantes. Ao final, uma derrota que deu boas perspectivas ao fã cottager para a sequência do campeonato. No próximo sábado, o desafio é o dérbi londrino contra o West Ham, no estádio Upton Park. Antes disso, pela Copa da Liga, o time visita o Sheffield Wednesday, nesta terça.

Manchester United: De Gea, Rafael, Carrick, Vidic, Evra, Ânderson (Giggs), Cleverley, Young (Rooney), Kagawa (Welbeck), Valencia e Van Persie.
Fulham: Schwarzer, Riehter, Hughes, Hangeland, Briggs, Diarra (Baird), Dembele, Duff, Kacaniklic (Sidwell), Ruiz e Petric (Rodallega).


Confira os melhores momentos do jogo aqui.

Um comentário:

  1. Bom jogo!! Na proxima rodada em casa poderemos manter o bom nivel de futebol!

    ResponderExcluir