Preview: HB Køge vs Fulham

Frei (com a bola) deve ganhar chance contra os dinamarqueses
O Fulham entra em campo neste domingo pela primeira vez após a semana de treinamentos realizada em Londres. O amistoso contra os dinamarqueses do HB Køge dá início a uma série de três partidas preparatórias que serão disputadas na Alemanha. No domingo, o jogo ocorrerá na cidade de Grimma, estado da Saxônia.



Martin Jol deverá ter praticamente todos os seus titulares à disposição. Destes, Mark Schwarzer, Damien Duff e Clint Dempsey ganharam mais tempo de folga - embora o americano tenha viajado com o grupo. Deuce é, inclusive, um caso à parte. Seu nome vem sendo fortemente especulado nos arredores do Anfield Road. Na sexta, falou-se em uma possível troca dele por Andy Carroll, além de mais 9 milhões de euros para o Liverpool.


Das novidades contratadas para a temporada até aqui, apenas Hugo Rodallega não deverá ter a oportunidade de jogar no domingo. O atacante Mladen Petric e o lateral-direito Sascha Riether viajaram com o grupo e podem realizar suas estreias.


O primeiro adversário cottager na pré-temporada vem mal das pernas. O HB Køge foi rebaixado no campeonato dinamarquês ao terminar em 12°- e último - lugar da tabela. Foram quatro vitórias, sete empates e 22 derrotas, em uma campanha que deixou o clube 15 pontos atrás do primeiro time que se salvou do rebaixamento.


Fabinho: experiência à serviço do HB Køge
O elenco treinado pelo técnico Tommy Nielsen conta com um brasileiro: o veterano atacante Fabinho, de 35 anos. A história do brasileiro no clube se confunde com a história da própria instituição. Sem jamais brilhar em campos nacionais, o jogador partiu para a Dinamarca em 2005, para jogar no Randers. Três anos depois, chegou ao Herfølge Boldklub e ajudou o time a conquistar a segunda divisão nacional.


Em 2009, o Herfølge se fundiu com o Køge Boldklub, formando o atual HB Køge. Fabinho se manteve no clube e hoje possui a marca de 53 jogos pela equipe, tendo marcado 12 gols.
Afora o brasileiro, o elenco conta ainda com dois americanos: os defensores Brad Rusin e Shawn Nicklaw. A aposta para voltar à elite dinamarquesa é na juventude. Depois de Fabinho, o atleta mais velho é Thomas Christensen, de apenas 28 anos.


Depois de encarar o Køge, o Fulham viaja por 25km até Leipzig. Lá, fará o segundo amistoso da série, contra o Lokomotive Leipzig, na próxima quarta. O tour acaba dia 21, contra o Kaiserslautern.

Nenhum comentário:

Postar um comentário