Obrigado por tudo, Danny Murphy

Gol contra o Pompey garantiu permanência na elite
Nesta semana, o Blackburn anunciou oficialmente a contratação do volante Danny Murphy, 35 anos. Assim, chegou ao fim uma das mais bonitas histórias de jogadores com a camisa do Fulham. O capitão assinou contrato de dois anos com a equipe que vai disputar a próxima temporada na segunda divisão - segundo especulações, com um salário de 30 mil libras semanais.

Daniel Ben Murphy chegou a Craven Cottage em 2007 vindo de uma passagem apagada pelo Tottenham. Desde então, foram mais de 200 partidas pelos Whites, sendo grande parte delas como capitão. Na última partida da temporada, o volante fez seu gol mais importante pelo clube: o da vitória sobre o Portsmouth, fora de casa, que garantiu a permanência na Premier League.
Volante se caracterizou por ótimas cobranças de pênalti. Foto: Static.guim.co.uk
Após isso, com a saída de Brian McBride, Murphy recebeu a braçadeira de capitão. Foram três anos espetaculares para o Fulham: a equipe de Roy Hodgson terminou a Premier League no sétimo lugar - seu melhor resultado na história até hoje -, e na temporada seguinte chegou ao vice-campeonato na Liga Europa. Na campanha, Danny participou de 13 jogos e fez o gol decisivo na vitória sobre o Basel, na Suíça, na rodada final da etapa de grupos.
Capitão fez história nas melhores campanhas da história white
Em 2010/11, Murphy atuou em quase todos os jogos da campanha que levou o Fulham ao oitavo lugar na liga. Em sua última temporada pelo clube, ajudou os comandados de Martin Jol a alcançar o nono lugar. Ao total, foram 28 gols com a camisa dos londrinos.


Nós do Fulham FC Brasil somos eternamente gratos pela vontade, determinação e qualidade que Danny Murphy sempre ofereceu ao Fulham nestes últimos cinco anos. Desejamos a ele toda a sorte do mundo no Blackburn.

Um comentário: