Euro 2012: Irlanda não resiste à Espanha e é eliminada do torneio

Irlanda jogou com raça, mas não conseguiu sorte melhor na Euro 2012
Na noite fria de na arena Gdansk, a Irlanda não resistiu à fortíssima seleção espanhola e levou uma goleada de 4 a 0, que, somada à derrota na primeira rodada, frustraram qualquer sonho de classificação dos irlandeses para a a próxima fase, decepcionando a maioria de torcedores que estavam no estádio.

Damien Duff entrou como titular, mas pouco pode fazer para mudar a situação da Irlanda, assim como Kelly, que ficou no banco de reservas. O técnico Giovanni Trapattoni pôs o time mais na defesa, e, apostando nos contra-ataque, tentaria surpreender a atual campeã européia e mundial.

Mas, logo aos cinco minutos de jogo, Fernando Torres fez o gol que desmanchou toda estratégia de irlandesa. Depois de uma dividida entre David Silva e Richard Dunne, a bola sobrou para o artilheiro, que com um belo chute fuzilou as redes de Given.

Com isso, a Irlanda teve que (tentar) sair para o jogo, porém, com a marcação já na defesa irlandesa, o companheiros de Duff apelaram para muitos chutões, dificultando a recuperação da Irlanda na partida. E assim, a Espanha cozinhou a Irlanda durante o jogo com o toque de bola envolvente e boas finalizações de Piquè e Iniesta.
Damien Duff não teve vida fácil
Logo aos quatro minutos da etapa final, mais um gol "relâmpago" espanhol: após rebote do chute de Iniesta, a bola rebatida por Given caiu nos pés de David Silva que, com um corte desmontou a zaga e com muita classe, chutou rasteiro no canto de Given para fazer 2 a 0.

Aos 25 minutos, mais uma vez Silva apareceu muito bem no jogo, e com um lançamento  perfeito para "El Niño" Torres consagrar-se e fazer o terceiro da Espanha - segundo dele no jogo.

Para finalizar o jogo, os 37 minutos, já com Duff no banco, substituído por McLean, Fabregas recebeu um cruzamento rasteiro, adentrou a área e soltou a bomba para fechar o placar: 4 a 0.

Torcida irlandesa deu exemplo e espetáculo nas arquibancadas
No fim do jogo, a torcida que estava em maioria no estádio não se importou com o placar, e vendo toda a garra irlandesa em campo, cantava intensamente, mostrando todo fanatismo pela seleção nacional. O que foi respondido pela torcida espanhola que também cantava com alegria e orgulho pela sua seleção, tornando um espetáculo nas arquibancadas.

Na última rodada, a seleção de Duff e Kelly cumprem tabela contra a Itália, que entra em campo buscando sua classificação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário