Euro 2012: Inglaterra muito perto da classificação

Wayne Rooney: principal nome inglês está de volta
Nesta terça feira, os últimos dois classificados para as quartas-de-final da Eurocopa 2012 serão conhecidos. Pelo Grupo D, França enfrenta a Suécia, e o nosso destaque é para a partida entre Inglaterra e os co anfitriões da Ucrânia.

A situação inglesa é ligeiramente tranquila para garantir sua classificação: com uma vitória ou até mesmo com um empate a vaga já está garantida. Isso porque tem o English Team tem quatro pontos (mesmo número da França), contra três dos ucranianos. Para tentar a primeira colocação, e consequentemente "fugir" da Espanha logo na próxima fase, a Inglaterra precisa vencer e torcer para a França empatar ou perder dos já eliminados suecos. Ou, em caso de vitória francesa, o saldo inglês deve ser maior (a França tem um gol de saldo a a mais que os ingleses).

E para tentar esse feito, e também melhorar o rendimento do setor ofensivo, o técnico Roy Hodgson tem a volta do principal nome da seleção: Wayne Rooney. O atacante não participou das duas primeiras rodadas da Euro por conta de uma agressão a um jogador de Montenegro, ainda nas eliminatórias.

O jogador do Machester United fez grande temporada e tem total confiança de seus companheiros e tecnico. Steven Gerrard declarou: "Todos sabem do que Wayne Rooney é capaz, ele certamente nos deixa mais forte no ataque. Ele é um jogador de classe mundial, sou próximo a ele e posso ver nos olhos dele que ele está se coçando para entrar lá e jogar".

O tecnico Roy Hodgson também destacou a vontade Rooney e sua importância na equipe. "Vai ser um grande incentivo para nós. Wayne treinou duro e está muito empolgado para enfim entrar em campo e ajudar seus companheiros. Estamos torcendo para que ele tenha uma grande atuação, porque será mais uma partida dificílima para nós", ressaltou.

Rooney, Carroll, Hodgson e Gerrard: grandes possibilidades do trio estar em campo
Com a entrada de Rooney, Carroll ou Welbeck voltarão ao banco de reservas, e esta é uma das dúvidas para a escalação do time titular, pois Walcott, que entrou no segundo tempo contra a Suécia para mudar a história da partida, sentiu dores no tendão durante o treino e não está confirmado para a partida, podendo ser substituído por Milner.

Pelo lado dos ucranianos, a única dúvida para o técnico Oleg Blokhin é se a estrela do time, Andrei Shevchenko, terá condições de estar em campo nesta terça. O atacante, que se aposentará da seleção após a Euro, sentiu uma contusão no joelho, muito devido ao número de jogos em poucos dias. Sua escalação só será confirmada momentos antes da partida, na Donbass Arena, em Donetsk.

Prováveis escalações:

INGLATERRA: Hart; Johnson, Terry, Lescott e Cole; Walcott, Gerrard, Parker e Ashley Young; Welbeck (Carroll) e Rooney.

UCRÂNIA: Pyatov; Selin, Khacheridi, Mikhalik, Gusev; Konoplianka, Tymoschuk, Yarmolenko, Nazarenko, Voronin, Shevchenko (Milevskyi) e Devich.

Nenhum comentário:

Postar um comentário