Dempsey dá show e Fulham antecipa a páscoa no Reebok Stadium, 3-0

Kacaniklic (31), comemora com Dempsey e Diarra, os destaques do jogo!
Foto: fulhamfc.com
Neste sábado o Fulham visitou o Reebok Stadium, onde teve um dia de "All Blacks" e espantou qualquer possibilidade de rebaixamento, se consolidando no top 10 da Premier League. Graças a Clint Dempsey e Mahamadou Diarra, os cottagers conquistaram uma bela vitória fora de casa, 3 a 0 pra cima do desfalcado time do Bolton Wanderers, que agora mergulha definitivamente na crise.


Antes mesmo da bola rolar, o técnico Martin Jol teve que fazer algumas mudanças no time: o capitão Danny Murphy estava gripado e teve de ser substituído pelo malinês Diarra, enquanto o atacante Pavel Pogrebnyak, com uma lesão no tornozelo, foi substituído pelo jovem sueco Alex Kacaniklic.


Outra curiosidade é que o zagueirão Brede Hangeland completava 200 jogos com a camisa cottager, justamente no mesmo gramado onde fez sua estréia pelo Fulham, há mais de quatro anos.

O Bolton iniciou bem a partida e logo nos primeiros minutos, o meia Darren Pratley (ex-Fulham) cruzou para o atacante David N'Gog, que fez o corta-luz para o japonês Ryo Myiachi bater por cima da meta defendida por Mark Schwarzer.


O Fulham respondeu logo em seguida: um belo passe de Dempsey encontrou Duff ponta direita, o irlandês cortou para a perna esquerda e mandou a bomba, que passou rente à trave do goleiro Bogdan.


Aos 24 minutos, o irlandês acertou outro belo chute e Dempsey desviou para o fundo das redes do goleiro do Bolton. No entanto, o craque americano estava em posição de impedimento na hora do chute de Duff e o gol acabou sendo bem anulado pela arbitragem.


Os cottagers seguiam pressionando quando aos 30 minutos da primeira etapa, N'Gog derrubou Diarra próximo da área e Dempsey cobrou com perfeição, no ângulo direito de Bogdan e abriu o placar no Reebok Stadium, 1 a 0.


O camisa 23 estava num dia inspirado e foi o grande destaque do jogo no 1º tempo. Pouco tempo após o golaço de falta, Dempsey tentou ampliar de bicicleta ao receber um cruzamento de Stephen Kelly e levou perigo ao gol do Bolton.


Mas foi aos 45 minutos, quando o jogo se encaminhava para o intervalo com a vantagem mínima para o Fulham, que a estrela do craque norte-americano brilhou novamente: Duff fez bela jogada pela direita , dançou "Ai se eu te pego" com o lateral-esquerdo Marcos Alonso e cruzou para Dempsey cabecear para o fundo das redes de Bogdan, ampliando a vantagem cottager.


E a primeira etapa não poderia terminar de forma melhor para o Fulham, 2 a 0 dentro do Reebok Stadium e uma boa chance de vitória fora de casa.


Na segunda etapa, como já era previsto, o Fulham jogou um pouco mais recuado e administrou a vantagem obtida por Dempsey na primeira etapa. Aos 79 minutos, John Arne Riise escapou pela esquerda e cruzou para Mahamadou Diarra marcar seu primeiro gol com a camisa do Fulham, decretando a vitória cottager no Reebok Stadium: 3 a 0.

Martin Jol promoveu algumas alterações interessantes no time, como a entrada do jovem atacante italiano Marcello Trotta, destaque do academy, no lugar de Alex Kacaniklic, que teve boa atuação em sua primeira oportunidade como titular do Fulham.



Outro jovem destaque a entrar no jogo, foi o suíço Kerim Frei, que substituiu o experiente irlandês Damien Duff no decorrer da segunda etapa.


Com o jogo se encaminhando para o final, Martin Jol fez uma substituição mais defensiva, colocando o nigeriano Dickson Etuhu no lugar de Bryan Ruiz. E no apito final, o Fulham venceu o Bolton por 3 a 0 e se mantém na 10ª posição na tabela da Premier League, com 42 pontos em 32 jogos.

Nós da equipe Fulham FC Brasil desejamos uma Feliz Páscoa à todos os nossos leitores, parceiros e colaboradores.

Também ficam aqui registrados os nossos votos de boa sorte ao simpático Bolton na luta contra o rebaixamento e de boa recuperação a Fabrice Muamba!



COME ON YOU WHITES!


B0-3F www.fasthighlights.com por fasthighlights-2012

Um comentário:

  1. O nosso time tem qualidade e não deveria estar em 10º lugar. Tivemos derrotas bobas em falhas individuais grotescas. Mais essa vitória sobre o Bolton fora de casa vai nos dar moral para o derby londrino de hoje contra o Chelsea. Go Fulham! \o/

    ResponderExcluir