Repercussões: Manchester United 1-0 Fulham

Cena do "crime" de Carrick. Fonte: DailyMail

Já não bastasse ser segunda feira, os fãs Cottagers tiveram mais um ponto negativo nesse começo de semana: O Fulham foi a Old Trafford e perdeu, para o agora mais líder ainda, Manchester United.
Uma partida bem diferente do que foi vista entre as duas equipes em Craven Cottage, quando os diabos vermelhos bateram os Whites por 5 a 0. O jogo foi bem mais disputado, ainda que com dominio maior do United. O United tinha as maiores chances, porém o Fulham causava perigo ao goleiro De Gea que fez grandes defesas.

Além disso, a imprensa destaca também o sistema defensivo que até o gol vinha trabalhando de forma bem eficiente. Em alguns momentos, a BBC afirmou que o Fulham jogavam com "mais urgência e energia que o United".

Dembele e Dempsey deram trabalho a De Gea. Fonte: DailyMail

Bryan Ruiz tambem comentou após o jogo a atuação do Fulham: "Eles dizem que eles (United) tiveram mais que o gol, mas em alguns momentos nós também criamos boas oportunidades".

Mas Ruiz reconheceu que o United é melhor time ainda mais jogando em Old Trafford: "Mas como nós sabemos Old Trafford é um lugar dificil de vir (e ganhar) e o United é um dos melhores times".

Fonte: FulhamFC.com
Aaron Hughes destacou também os sistema defensivo Cottager: "Nós defendemos bem e Mark Schwarzer fez algumas boas defesas. Nós fomos muito sólidos atrás e não tivemos muitos erros. Talvez se tivéssemos um pouco mais de sorte pudessemos obter algo do confronto".

Aaron tambem confidenciou elogios de Sir Alex Fergunson à equipe londrina: "Sir Alex veio após o jogo dizendo que lutamos bem e eles (Man. United) estavam muito felizes com os 3 pontos, e você sabe que esteve bem no jogo quando vê comentários assim".
Porém, como não podemos deixar de destacar, e foi o acontecimento mais comentado após o jogo... O pênalti do volante Red Devil Carrick em cima de Danny Murphy no fim do jogo. Murphy avançava pela área e, com o pé esquerdo, Carrick por trás derrubou o jogador White, que desabou na área, mas para surpresa de todos o árbitro Michael Oliver descordou do mundo inteiro e não marcou o pênalti.

Fonte: DailyMail
A imprensa em massa apontou penalti, inclusive o ex-lateral do Manchester Gary Neville, que hoje é comentarista e conhecido pela sua imparcialidade a favor do United, concordou que o pênalti deveria ser marcado. O pênalti foi tão claro que até Sir Alex Fergunson admitiu que não seria injusto o arbitro ter marcado a penalidade. Já Martin Jol disse a imprensa: "Ninguém no estádio podia dizer que Danny Murphy se jogou e todos esperavam um pênalti".

"Eu imagino que esta era uma decisão dificil, e você tem que ter coragem para marcar um pênalti contra o Manchester United. Esta foi a nossa única decepção". Jol, que se mostrava injustiçado, continuou: "O árbitro estava na linha. Ele teria que ter dado cartão vermelho ao Carrick".

O manager completou que não tem nada contra seu ex-comandado dos tempos de Tottenham: "Eu não quero ver Carrick sendo expulso, mas isso precisa de uma decisão de coragem e eu acho que foi pênalti!"

Danny Murphy no chão após ser derrubado. Fonte: FulhamFC.com

O próximo jogo do Fulham será em Craven Cottage contra o Norwich City, no dia 31.

Nenhum comentário:

Postar um comentário