Repercussões: Everton 2-1 Fulham





"Extremamente decepcionante". Foi assim que Martin Jol definiu a partida contra o Everton fora de casa pela FA Cup, onde o Fulham foi eliminado da competição. Depois de abrir o placar com Danny Murphy, o time white cedeu a virada para o de Liverpool e deu adeus à competição.



A imprensa inglesa frisou que essa foi a primeira vitória do Everton sobre o Fulham em confrontos válidos pela Copa da Inglaterra. Mais do que isso, o confronto americano entre Donovan, que teve participação decisiva nos gols, pelo lado do Everton, e Dempsey, pelos Whites. Estes que são os principais nomes da seleção do Tio Sam.


Outro fato muito falado foi o pênalti que deu o gol ao Fulham. A penalidade marcada pelo arbitro que mais atrai polêmica, Howard Webb, foi muito discutida e questionada.


O técnico Martin Jol ficou realmente frustrado com a forma como o Fulham levou seus gols: "Estamos desapontados ao conceder dois gols da maneira que fizemos: em dois cruzamentos - sabemos que somos melhores do que isso".


"Nós sabemos do estilo deles, nós sabíamos que eles iriam fazer isso, porque eles gostam de fazer cruzamentos na áreaCom a qualidade que nós temos, esperávamos mais" disse Jol, claramente descontente com a atuação Cottager nas bolas aéreas.


"O Everton nos colocou sob pressão hoje à noite e achamos difícil de jogar o nosso jogo. Nós não poderíamos jogá-lo ao seu melhor como nós gostaríamos".


O fato de ter saído na frente do placar irritou ainda mais o manager: "Tivemos um início bom e é claro que é frustrante que nós não construímos a vitória, porque tivemos duas ou três boas chances".


Jol, sabendo que a equipe teve claras condições de avançar a competição, finalizou: "Sabíamos que seria um jogo difícil, mas acreditava que poderíamos conseguir alguma coisa. Sair da Copa é extremamente decepcionante para todos nós."




O experiente lateral John Riise exaltou a presença dos torcedores dos Whites em Liverpool: "Queríamos dar aos fãs algo para festejar. Aqueles que viajaram para Everton foram fantásticos. É uma pena que não poderemos lhes dar mais".


Ele também declarou: "Precisamos colocar o resultado para trás agora, seguir em frente e nos certificar de que terminaremos a temporada o mais forte possívelIsso começa com o West Brom na quarta-feira, é um jogo que precisamos vencer para saltar para frente [na tabela]."


O Fulham tenta se reabilitar nesta quarta feira, contra o West Brom, em Londres.


Fotos: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário