Com um a mais em campo, derrota frustrante em Blackburn

De canhota, Pedersen abriu o placar em cobrança de falta
A situação não poderia parecer mais favorável. Contra o então lanterna da Premier League, e que teve um jogador expulso ainda antes da primeira metade da partida, os fãs cottagers esperavam um resultado para manter a sequência que era de duas vitórias consecutivas. Não aconteceu: com uma atuação apática, o time levou 3 a 1 do Blackburn, recuperou o adversário e viu a distância para a zona de rebaixamento diminuir para seis pontos.

Damien Duff, autor de um dos gols contra o Charlton na FA Cup, foi a novidade na escalação do Fulham. Ele entrou no lugar de Frei, sendo a única troca em relação à equipe que eliminou os Addicks na copa nacional.

Mesmo ocupando o último lugar, o Blackburn desde cedo mostrou que não iria facilitar as coisas. David Dunn quase abriu o placar, mas viu Stephen Kelly afastar sua finalização perto da linha de gol. Os Whites responderam aos 20, com Zamora concluindo de cabeçana trave, após cruzamento de Duff.
Yakubu (D): expulso antes de meia hora de partida
Três minutos depois, Yakubu chegou de forma violenta na marcação de Murphy, acertou o capitão do Fulham e recebeu o cartão vermelho direto. Os visitantes procuraram manter mais a bola desde então, mas criaram apenas uma oportunidade - que Robinson defendeu, em uma cabeçada de Senderos. E os Rovers aproveitaram para marcar nos acréscimos. De falta, Pedersen mandou uma batida sem chances para Stockdale, 1 a 0.

Se o primeiro tempo terminou com gol, o segundo começou com um. Também para decepção dos londrinos. Goodwille fez a jogada, que Dunn pegou a sobra na marca do pênalti e anotou 2 a 0. A reação cottager foi imediata, com Duff descontando aos dez minutos após passe de Murphy. Ele driblou e bateu de perna direita, deixando Robinson parado.
Irlandês Duff fez o gol que deu esperança aos fãs
Precisando de um gol para evitar a derrota, o time de Martin Jol partiu para o ataque, mas não conseguiu criar jogadas que realmente forçassem o goleiro Robinson a intervir de forma incisiva. Assim, o Blackburn aproveitou para matar a partida aos 33: Nzonzi fez jgoada individual e lançou Formica, que concluiu de canhota e definiu uma derrota decepcionante em sua essência para os fãs que ide Londres a Blackburn.

O Fulham permaneceu na 14ª posição, com 23 pontos. Contudo, a distância para o primeiro clube na zona de rebaixamento diminuiu de sete para seis pontos. Na próxima rodada, o time volta a Craven Cottage parar encarar o Newcastle, que faz boa temporada.

Blackburn: Robinson, Lowe, Hanley, Givet, Olsson, Nzonzi, Dunn (Formica), Petrovic (Goodwille), Pedersen, Hoilett e Yakubu.
Fulham: Stockdale, Kelly, Senderos, Hangeland, J. Riise (Johnson), Murphy, Dempsey, Dembele (Frei), Duff (Davies), Ruiz e Zamora.

Fotos: BBC e Fulham


BlaFul por footyh1

Nenhum comentário:

Postar um comentário