Em jogo nervoso, vitória para dar alguma tranquilidade

Dempsey garantiu os três pontos aos Cottagers
Foi um belo jogo, com chances para os dois lados. E enfim o Fulham voltou a se dar bem contra uma equipe do top 4: os Whites venceram o Liverpool por 1 a 0 (gol de Dempsey), na noite desta segunda, em jogo válido pela 14ª rodada da Premier League. Assim, os comandados de Martin Jol ocupam agora o 13° posto na tabela, com 15 pontos.

Jol optou por escalar Senderos na zaga, deixando Hughes no banco. Outra novidade foi a presença de Bryan Ruiz ao lado de Zamora na frente, recuando Dembele para fazer a quarta função do meio-campo - substituindo o lesionado Duff.

Chances de gol não faltaram para ambos os lados. A primeira foi do Fulham: aos cinco minutos, Dembele finalizou por cima da meta de Reina. Schwarzer também foi obrigado a trabalhar dois minutos depois, em lance criado por Suárez. Os goleiros seguiram fazendo seu trabalho e mantendo o zero no placar durante toda a etapa inicial.

Para a final, as coisas mudaram. Os Reds vieram para o ataque e encurralaram os mandantes na defesa. Tanto que até conseguiram marcar o gol, mas Suárez se aproveitou de posição irregular quando recebeu, driblou Schwarzer a mandou para as redes. Com mais posse de bola, o time visitante acabou ficando com um a menos aos 27 minutos. Spearing acertou um carrinho em Dembele e levou o cartão vermelho direto.
Spearing: expulso por entrada violenta em Dembele
Aproveitando-se da vantagem numérica, os Cottagers começaram a mandar no jogo, mas sem conseguir passar por Reina. Até os 40 minutos. E justamente em uma falha do arqueiro espanhol: Murphy cortou pro meio e bateu; o goleiro não segurou e Dempsey estava lá para conferir o rebote, 1 a 0.
De canhota, americano fez o gol da partida
Houve pouco tempo para o Liverpool buscar a reação, mesmo que tenha perdido uma ótima chance com Adam. O jogo acabou e o Fulham festejou um fim de jejum contra os chamados quatro grandes. A última vitória havia sido contra o Manchester United, na temporada retrasada, também em Cottage. Naquele 19 de dezembro, os Whites golearam por 3 a 0. Já para o Liverpool, a derrota significou o fim de uma invencibilidade de oito jogos.

Para tentar se afastar ainda mais dos últimos colocados - a distância para o primeiro time no rebaixamento, o Blackburn, agora é de cinco pontos -, o Fulham viaja até Gales para encarar o Swansea, no próximo sábado.

Fulham: Schwarzer, Kelly, Senderos, Hangeland, Riise, Etuhu (Gecov), Murphy, Dempsey, Dembele, Ruiz e Zamora (Johnson).
Liverpool: Reina, Johnson, Agger, Skrtel, Jose Enrique, Spearing, Adam, Henderson, Bellamy (Downing), Suárez e Carroll (Kuyt).

Fotos: Fulham FC

Confira o gol de Fulham e Liverpool aqui, no site da ESPN Brasil.

2 comentários:

  1. Venho acompanhando Fulham a 3 temporadas, e só vejo uma queda de desempenho desde então, cada temporada que passa o fulham almeja menos, tem time pra muito mais, chega de jogar como time pequeno, por mais que nao seja ainda, o fulham pode sim, tem condições de jogar como um time maior!

    ResponderExcluir
  2. Enfim, uma vitória! E sobre o Liverpool, hein? Tá certo que o goleirão dos caras nos ajudou - E MUITO!

    Espero que esses 3 pontos ajude a dar mais ânimo ao time!

    COYWS!!!!!

    ResponderExcluir