Repercussões: Fulham 0-5 Manchester United


Mais uma derrota, porém, essa mais humilhante do que as que estavam acontecendo. Por mais que o empate que desclassificou da Europe League fosse surpreendente e vergonhoso, todos sabiam que a competição européia não era total prioridade dos Whites. Mas a história é diferente na Premier League (ou pelo menos deveria ser).
O Fulham foi alvo de críticas pela imprensa nessa “demolição”, por ser mais um capítulo da decadência white - que já vinha da eliminação e outros resultados que não correspondiam ao time do Fulham.
Além disso, a imprensa destacou que o time não tem a mesma força em Craven Cottage, que costumava ser um alçapão, onde nos últimos tempos vinha conseguindo seus principais resultados.
A situação de Martin Jol, segundo a imprensa, vem ficando cada vez mais complicada devido a tantos insucessos nesta temporada.
"Estou zangado e desapontado. Eles tiveram oito tentativas a gol e marcaram cinco gols. Eles jogaram na nossa volta nos flancos e nós não defendemos bem”, disse Jol que ficou muito desapontado com resultado, principalmente por sua cabeça estar cada vez mais a prêmio. “Então, este é um cenário de horror", completou o manager, referente ao jogo do Fulham frente ao aproveitamento do United nas chances a gol.

Mesmo com o placar tão desfavoravel, Jol disse: “Melhoramos no segundo tempo e poderíamos ter marcado alguns, mas não fomos agressivos o suficiente. Eles têm muita qualidade. Foi muito fácil para eles”, admitiu.
"Não podíamos colocar a bola para Mousa Dembele e Clint Dempsey, muito menos com Andy Johnson, o que foi decepcionante", comentando que o ataque Cottager teve um desempenho muito abaixo do normal.
Mesmo com essa humilhação em casa, o holandês prega que o time deve se reerguer, pois a situação na tabela está muito apertada: "Temos de nos levantar, porque há um monte de equipes com a mesma quantidade de pontos”.
Essa foi a mesma opnião de John Riise, lembrando que os jogos serão complicados: “Temos Chelsea, em seguida, Norwich e Arsenal, por isso só temos de olhar para o que fizemos de errado, nos levantar rápido e melhorar."
E a “chance” de reabilitação do Fulham será na proxima segunda feira, 26, contra o embalado Chelsea e em Stamford Bridge.

Fotos: Fulham FC

2 comentários:

  1. vcs são realmente torcedores do fulham,por que eu não sei se torço pro fulham ou pro barcelona ou pro tottenham

    ResponderExcluir
  2. Sou Gabriel Tramarin do blog Conexão Paulista e gostaria de pedir uma troca de links, aceita ?

    Abraços

    Conexão Paulista

    ResponderExcluir