De forma melancólica, o sonho europeu acabou

Eliminado, Odense surpreendeu em Londres
Parecia tudo dentro do esperado: o Fulham vencia o Odense por 2 a 0 e garantia sem sustos a vaga no mata-mata da Liga Europa. Mas... com uma atuação patética nos minutos finais, a equipe treinada por Martin Jol levou dois gols, sendo um nos acréscimos, empatou por 2 a 2 e viu o Wisla Krakow (que fez 2 a 1 no Twente) lhe roubar a vaga. Com isso, restam apenas a Premier League a Copa da Inglaterra nesta temporada - que, esperamos, não tenha Jol no comando por muito mais tempo.


A grande novidade na escalação foi Neil Etheridge. O goleiro filipino de 21 anos vai aparecer na meta cottager pelo menos até janeiro, já que Mark Schwarzer, 39, lesionou as costas contra o Swansea e ficará de quatro a seis semanas parado. No mais, viu-se novamente um time mesclado entre titulares e reservas. Já Bobby Zamora, após o rolo com Martin Jol, voltou à equipe titular.
Dempsey (23) marcou o primeiro da partida
Quem viu o começo do jogo pode imaginar uma vitória tranquila contra um adversário que já entrou em campo sem chances de classificação. O goleiro Wessels foi obrigado a trabalhar logo cedo, em tentativa de Chris Baird. Aos 27, Zamora fez a parede e Dempsey chegou batendo para marcar 1 a 0. Quatro minutos mais tarde, o jovem suíço ampliou, batendo na saída do goleiro após receber de Moussa Dembele.

Sem dificuldades, o Fulham foi levando o jogo e quase fez o terceiro por duas oportunidades, ambas com Dembele. Mas as coisas começaram a mudar na etapa final. Tanto que Etheridge foi obrigado a salvar um lance de Ruud. Mas ele não conseguiu fazer nada em uma batida de falta de Henrik Andreasen, aos 19 minutos. Com categoria, ele descontou o placar.
Fall decretou eliminação do Fulham no final do jogo
A equipe white quase matou o jogo instantes depois, mas Aaron Hughes cabeceou para fora depois de escanteio. Obviamente, os Cottagers pagaram o preço por tamanha displicência. Aos 48, Ruud cruzou na área, Hughes se passou e Fall cabeceou sem chances para Etheridge: 2 a 2. Um final de participação melancólico, para um time que cada vez mais decepciona seus fãs nesta temporada.

A campanha na Liga Europa terminou após 14 jogos: foram sete vitórias, quatro empates e três derrotas. Em três participações em torneios europeus, foi a primeira vez que o Fulham acabou eliminado na fase de grupos. Um desempenho que aumenta a pressão contra Martin Jol, devido aos péssimos resultados e a incrível irregularidade que a equipe vem demonstrando na temporada. A classificação final do grupo K apresentou Twente (13), Wisla (9), Fulham (8) e Odense (3).

Os whites voltam a campo neste sábado, em Londres, contra o Bolton. A equipe já conhece seu adversário na Copa da Inglaterra: será o Charlton, no estádio Craven Cottage. O jogo será em 7 ou 8 de janeiro.

Fulham: Etheridge, Kelly, Hughes, Hangeland, Briggs, Gecov, Baird, Dempsey (Duff), Frei, Dembele e Zamora (Sá).
Odense: Wessels, Ruud, Reginiussen, Sorensen, Mendy (Djemba-Djemba), Hoegh, Andreasen, Jensen (Fall), Utaka, Gíslason e Kadrii (Johansson).

Fotos: Telegraph, Dailymail e Globo Esporte

Os gols da última rodada do grupo K você confere aqui, no site da ESPN Brasil.

Um comentário:

  1. O Etheridge posicionou MUITO MAL a barreira no gol de falta dos caras...

    Quem sabe agora o time concentra todas suas forças na Premier League e começa a a fazer parte da metade de cima da tabela.

    ResponderExcluir