Repercussões: Wisla Krakow 1-0 Fulham

Foto: Fulham FC
bviamente a derrota cottager na Polônia, em jogo realizado na última quinta, não repercutiu de forma positiva pelos lados do Rio Tâmisa. O placar de 1 a 0 em favor do Wisla Krakow foi resumido por Martin Jol em uma frase após o confronto: "Foi uma noite terrível para nós".


O manager reclamou muito da expulsão de Moussa Dembele, ainda no primeiro tempo. O belga trocou farpas com Gervasio Nunez e levou o vermelho direto. "Foi um empurrão no ombro após ele ser chutado. Você não deve levantar a mão, ele (Dembele) empurrou no ombro, mas você não deve fazer isso. O árbitro deu vermelho e nós sentimos que foi um golpe duro", afirmou.

Jol ainda se queixou de um possível pênalti em Brede Hangeland na etapa final, mas prometeu mesmo a volta no segundo turno. "Nós vamos pegá-los em casa e vamos esperar para ver", disse. O Wisla é justamente o próximo jogo do Fulham na competição, no dia 3 de novembro, em Craven Cottage.

O zagueiro Aaron Hughes, por sua vez, afirmou que o time White esteve melhor em campo até antes da expulsão de Dembele. "Você tem de lidar com isso quando acontece, mas acho que mesmo com dez homens mantivemos bem a bola. Obviamente ficamos muito decepcionados com o resultado", comentou o camisa 18. Apesar da derrota, Hughes se mantém confiante na classificação: "Se você ganhars os jogos em casa tem uma grande chance de avançar".

Neste domingo, o Fulham volta a campo pela Premier League. O adversário será o Everton, em Londres. A equipe busca recuperação após a derrota sofrida diante do Stoke, na rodada passada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário