Repercussões: Fulham 1-1 Twente

Grygera (26) estreou no empate com Twente

A igualdade entre Fulham e Twente acabou sendo, como esperado, lamentada por atletas e comissão técnica. O resultado significou o quinto jogo consecutivo sem vitória para o time de Martin Jol, com três empates e duas derrotas.

O manager comentou após o confronto que os Cottagers mostraram um bom futebol, "pressionando na hora certa e com um bom futebol, mas na segunda etapa foi diferente por tentar forçar o ritmo sem organização".

Jol continuou: "É claro que eles têm um bom time, mas quando você os coloca sobre a pressão que coolocamos, devíamos ter ganho. A única coisa que temos de fazer agora é aproveitar as chances fora de casa".

O capitão Danny Murphy comentou o fato de o time pressionar mas não conseguir ganhar, mais uma vez. "Não quero ser pessimista, mas parece que estamos recebendo uma punição por tantos erros. É o que acontece quando se joga com um adversário qualificado". O camisa 13, contudo, afirmou que o empate não é desesperador: "Um empate não é o fim do mundo contra o melhor time do grupo em termos de experiência em Liga dos Campeões. No geral achei uma boa atuação, como fizemos contra o Blackburn. Nós temos um desempenho melhor do que os resultados sugerem".

O próximo jogo do Fulham já é neste domingo, contra o Manchester City, em Londres. Pela Liga Europa, os Whites viajam até a Dinamarca para visitar o Odense, no dia 29 deste mês.

Foto: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário