Andy Johnson garante vitória na Dinamarca

AJ: nome do jogo
Após oito jogos, enfim o Fulham se reencontrou com a vitória. E ela veio em ótimo momento: fora de casa, pela segunda rodada da fase de grupos da Liga Europa, para garantir a recuperação cottager depois de empatar em casa na estreia. Ontem, com dois gols de Andy Johnson, a equipe de Martin Jol fez 2 a 0 no Odense.

Sem Hughes, Dembele e Zamora, lesionados, Jol usou Senderos, Kasami e Dempsey, respectivamente. Na lateral-esquerda, Riise foi poupado para a entrada de Briggs.

Justamente Kasami foi quem criou a primeira ocasião de gol na partida. Em passe de Johnson, o suíço acabou parando em boa defesa de Wessels. Pouco depois, Dempsey cabeceou e Djemba-Djemba afastou em cima da linha. Aos 36 minutos, o Odense não se salvou. Johnson fez jogada individual e bateu cruzado. Wessels aceitou: 1 a 0.

A etapa final foi de pressão intensa dos dinamarqueses. Tanto que os atacantes Skoubo e Utaka entraram em campo para tentar a todo custo uma reviravolta no escore. O goleiro Schwarzer foi muito testado e negou o gol a Djiby Fall, depois de um lindo voleio. Kadrii também teve sua chance, mas parou no 'Aussie'.

Johnson finaliza para o segundo gol
No contra-golpe, o Fulham matou o jogo perto do final. Aos 42 minutos, quando o OB já estava em um esquema de três atacantes, Johnson recebeu longo lançamento, driblou o marcador e bateu no ângulo, 2 a 0. Uma vitória providencial para levantar os ânimos pelos lados de Craven Cottage.

Os Whites ocupam agora a segunda posição do grupo K, com quatro pontos. O Twente, com a mesma pontuação, lidera devido ao saldo de gols. No domingo, o Fulham volta a campo pela Premier League no clássico contra o QPR, em casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário