Vitória tranquila em tarde de Bobby Zamora e Michael Jackson

Zamora abre o placar
Na tarde em que o Fulham inaugurou oficialmente a estátua em homenagem a Michael Jackson próximo ao estádio de Craven Cottage, o time não deixou por menos e fez bonito dentro de campo. Com grande atuação de Bobby Zamora, os comandados de Mark Hughes fizeram 3 a 0 no Blackpool e pularam para o 10° lugar na tabela, com 38 pontos. O camisa 25 fez os dois primeiros gols da partida e mostrou estar apto para ter sequência entre os titulares.

.
Hughes optou por Zamora como parceiro de ataque de Dembele, deixando Andy Johnson no banco. Falando em banco, quem ficou fora dele foi Zoltan Gera, mesmo após uma bela atuação pela Hungria nas eliminatórias da Eurocopa no meio de semana. O que só aumenta os rumores de sua saída ao final desta temporada.
.
O time começou em cima do Blackpool e, aos 15 minutos, quase abriu o placar. Duff recebeu de Dembele e Kingson espalmou - a bola ainda tocou na trave. Cinco minutos depois, Kingson apareceu de novo para negar o gol a Chris Baird. Aos 22, não teve jeito: a defesa do Blackpool saiu jogando errado e Zamora ficou cara a cara com o goleiro ganês; o atacante acertou uma bomba de direita no ângulo, 1 a 0.
.
Zamora foi o nome do jogo
Aos 28, Zamora foi decisivo mais uma vez. Foi quando Duff cobrou falta na área na cabeça do centroavante, que marcou o segundo. Com dois gols de desvantagem, o Blackpool foi ameaçar apenas aos 41 minutos, quando Schwarzer saiu mal do gol, Beattie desviou e Baird afastou em cima da linha.
.
Os Tangerines voltaram em cima para a etapa final. Tanto que Beattie esteve muito próximo de descontar aos 12', mas acertou o poste. Depois, foi a vez de Puncheon arriscar, mas o veterano Aussie estava atento.
.
Etuhu fechou o placar
Quando o Fulham atacou, matou o jogo aos 28 minutos. Danny Murphy cobrou falta para a área e Dempsey cabeceou na trave. Na sobra, Hangeland serviu Etuhu, que apenas empurrou para as redes: 3 a 0. Foi o segundo gol do nigeriano contra o Blackpool nesta temporada. O bastante para fazer comemorar um torcedor vestido de Michael Jackson nas arquibancadas.
.
Após o terceiro gol, Mark Hughes aproveitou para rodar o elenco, colocando em campo Davies e Sidwell - já havia colocado Johnson no lugar de Zamora. Os visitantes ainda tiveram uma grande chance para descontar nos acréscimos, mas Taylor-Fletcher, livre, mandou para fora após pegar rebote de Schwarzer.
.
No próximo sábado, os Whites têm um complicado jogo contra o líder e virtual campeão Manchester United, em Old Trafford. Os Tangerines, em 17° lugar, receberão o vice-líder Arsenal um dia depois.
.
Fulham: Schwarzer, Baird, Hughes, Hangeland, Salcido, Etuhu, Murphy (Sidwell), Duff (Davies), Dempsey, Dembele e Zamora (A. Johnson).
Blackpool: Kingson, Baptiste, Evatt, Cathcart, Crainey, Adam, Vaughan, Grandin (Puncheon), Taylor-Fletcher, Ormerod (Varney) e Beattie (Kornilenko).
.
Fotos: Fulham FC e BBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário