Na prrorrogação, Austrália perde final na Ásia


O goleiro do Fulham Mark Schwarzer vai ter de se conformar com o vice-campeonato da Copa da Ásia. O "Aussie" bem que tentou, mas não conseguiu impedir a vitória do Japão sobre a Austrália, na final disputada neste sábado em Doha. O placar de 1 a 0 foi construído apenas no segundo tempo da prorrogação.
.
A Austrália teve boas oportunidades de matar o jogo, mas parou no goleiro Kawashima. Somente o veterano Harry Kewell teve duas ótimas chances, mas em ambas viu suas conclusões pararem no arqueiro que atua no Lierse, da Bélgica. Quando ele não pegou, a trave negou o gol aos Socceroos.
.
Já Schwarzer foi menos exigido, mas apareceu de forma segura quando necessário. Na maior parte das vezes, os chutes dos japoneses acabaram indo sem a direção do gol.
.
Com Kawashima inspirado e Schwarzer tendo pouco trabalho, os 90 minutos terminaram semgols de maneira até esperada. No primeiro tempo da prorrogação, o time da Oceania teve grande chance com Kruse, que acabara de entrar em campo. O jogador cabeceou firme, mas Kawashima voou de forma espetacular para defender. No lance seguinte, o Japão respondeu com Honda, que bateu à esquerda de Schwarzer.
.
A seleção nipônica então achou o gol do título aos quatro minutos da segunda etapa do tempo extra. Nagatomo foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou na área, onde Lee, sem marcação, mandou uma bomba de canhota, 1 a 0. A falha na marcação do lateral-esquerdo Carney matou o confronto.
.
Não que a Austrália não tenha lutado: no último lance do jogo, um bate-rebate na área poderia ter rendido o empate. Não aconteceu, e o Japão comemorou seu quarto título continental. Agora é o recordista em taças da Copa da Ásia. Como curiosidade: o técnico do Japão é o italiano Alberto Zaccheroni, que era o comandante da Juventus nos confrontos contra o Fulham, pela inesquecível Liga Europa da temporada passada.
.
Para Mark Schwarzer, fica o registro de mais uma competição pela sua seleção nacional onde esteve sempre seguro e eficiente - pela idade, pode ter sido a última. Ele deve retornar ao gol do Fulham na quarta-feira, em jogo contra o Newcastle, pela Premier League.
Foto: AP

Nenhum comentário:

Postar um comentário