Derrota injusta com nervos à flor da pele


Em uma partida nervosa, com muitas disputas ríspidas, o Fulham acabou derrotado pelo Liverpool por 1 a 0, em Anfield Road, na partida atrasada da Premier League disputada ontem. O revés acabou também com uma pequena série invicta dos comandados de Mark Hughes: eram quatro jogos sem perder. Agora, o time está no 15º lugar, com os mesmos 26 pontos.
.
A escalação que vinha se repetindo por Hughes teve de ser alterada para o jogo desta quarta. Lesionado, Dickson Etuhu deu lugar ao recém-contratado Steve Sidwell, o que fez Danny Murphy atuar um pouco mais recuado, como primeiro volante.
.
O primeiro tempo foi de domínio dos Reds. Contudo, foram raras as oportunidades cedidas pelo Fulham, que marcou com determinação e muita qualidade. Em uma das chances criadas pelos donos da casa, David Stockdale fez ótima defesa em cabeçada de Meireles. Ele apareceu bem novamente em chute de Gerrard, defendido no meio do gol pelo camisa 12. Os Cottagers criaram apenas uma chance, com Dempsey. Ele passou pelo lateral Kelly e bateu de canhota para defesa de Reina.
.
Os times não mudaram para o segundo tempo. E o Liverpool acabou achando seu gol aos sete minutos. Fernando Torres bateu, a bola deu na trave e na volta John Pantsil e Stockdale se atrapalharam tentando afastar. O ganês fez o pior: empurrou a bola pro fundo do gol. O juiz confirmou gol contra do lateral, Liverpool 1 a 0.
.
O lance bisonho fez Pantsil sentir o nervosismo. Pouco depois do lance, acabou se desentendendo com Gerrard em lance na linha lateral. O árbitro contemporizou. Mas acabou mostrando o cartão amarelo para o lateral africano quando este discutiu forte com Skrtel e tentou chutar Agger em outra jogada. Ficou barato o amarelo.
.
Quem esperava facilidades para os Reds a partir do gol marcado se enganou. Os Whites foram para cima e sufocaram o time local até o fim do jogo. Foram duas chances, pelo menos, claras para empatar o confronto. Após escanteio, Hangeland desviou e Meireles afastou em cima da linha.
.
Perto dos acréscimos, outra vez o Liverpool se salvou. Murphy cobrou falta para a área, Dempsey desviou e Dembele chutou para defesa à queima-roupa de Reina. Dando chutões para o alto e torcendo pro jogo acabar, o Liverpool e sua torcida comemoraram quando o árbitro apitou para encerrar o jogo. E o Fulham viu sua sina de nunca ter vencido em Anfield continuar por mais um ano.
.
No próximo domingo, os Cottagers voltam a campo para jogar a FA Cup. O adversário é o Tottenham, em Craven Cottage. O time deve ser o mesmo que entrou em campo ontem - a única troca pode ser o retorno de Etuhu, ainda incerto.
.
Liverpool: Reina, Kelly, Agger, Skrtel, Johnson, Meireles, Poulsen (Fábio Aurélio), Maxi Rodriguez, Gerrard, Kuyt (Shelvey) e Torres.
Fulham: Stockdale, Pantsil, Hughes, Hangeland, Baird, Murphy, Sidwell, Duff (Gera), Dempsey, Dembele e A. Johnson.

Foto: BBC


Nenhum comentário:

Postar um comentário