"Nota dez" em empates, zero em futebol



Pela décima vez nesta Premier League, o Fulham saiu de campo com um empate. Pela quinta vez, em casa: 0 a 0 com o Sunderland, na 17ª rodada. O resultado pode colocar os Cottagers na zona de rebaixamento até o fim da jornada, crescendo a pressão sobre o técnico Mark Hughes.
.
Com praticamente seu melhor time à disposição em campo, o Fulham desempenhou um primeiro tempo tenebrosamente ruim. Apenas um lance de destaque: um chute de longe de Dempsey, que obrigou Mignolet a trabalhar. De resto, a destacar as sonoras vaias ouvidas nas arquibancadas ao apito do árbitro para o intervalo.
.
Para o segundo tempo, Hughes colocou Andy Johnson no lugar do apagado Kamara. Com mais movimentação, o ataque dos Whites deu mais trabalho à defesa visitante. Mesmo assim, foram poucos os lances em que Mignolet teve de aparecer de forma providencial. Na verdade, apenas um: após escanteio, o camisa 8 Cottager girou e bateu da pequena área para ótima defesa do arqueiro do Sunderland.
.
O Sunderland pouco fez. Excetuando um chute de longe do veterano Zenden, que entrou na parte final do confronto e arriscou com perigo à esquerda de Schwarzer. Em uma partida sonolenta, o placar final foi merecido e a expectativa deste autor em ver Mark Hughes fora de Cottage foi aumentada. A próxima partida será de reencontro para os Cottagers: em Anfield, contra o Liverpool de Roy Hodgson.
.
Fulham: Schwarzer, Salcido (Baird), Hughes, Hangeland, Pantsil, Etuhu (E. Johnson), Murphy, Davies, Dempsey, Gera e Kamara (A. Johnson).
Sunderland: Mignolet, Bardsley, Mensah, Ferdinand (Al-Muhammadi), Onuoha, Cattermole, Richardson, Meyler (Gyan), Henderson, Welbeck (Zenden) e Bent.
Foto: Fulham FC

Nenhum comentário:

Postar um comentário