A sina continua: cinco jogos sem vencer


O Fulham empatou mais uma vez nesta Premier League, agora em jogo contra o Birmingham, válido pela 15ª rodada. O 1 a 1 em Londres fez com que os Cottagers fechassem o mês de novembro sem vencer nenhuma partida. Com 15 pontos, o time encerrou o sábado apenas uma posição acima da zona de rebaixamento.
.
A situação do Fulham vai ficando pior a cada jornada. O time, que não vence fora de casa há um bom tempo, não conseguiu nenhuma vitória nos dois jogos consecutivos que fez em Craven Cottage. E, no jogo de hoje, escapou de perder com um gol de Dempsey na etapa final.
.
O primeiro tempo dos Whites foi pavoroso. Criou apenas uma chance (Hughes desviou após escanteio e o zagueiro afastou sobre a linha). Já os visitantes marcaram aos 20 minutos: foi quando Hleb puxou contra-golpe e encontrou Larsson, que finalizou e venceu Schwarzer. Com muitos desfalques no setor ofensivo - Zamora, Andy Johnson e Dembele -, o Fulham quase não ameaçou com Kamara e Dempsey. Falando em desfalques, Salcido voltaria a sentir um problema no tornozelo e seria substituído depois do primeiro tempo.
.
Mesmo assim, os donos da casa empataram com sete minutos após o intervalo. Simon Davies cruzou para Gera, que desviou para Dempsey. Este cabeceou sem chances para Foster, 1 a 1. Foi um momento raro de ataque bem-sucedido do Fulham, que buscou a virada na base do abafa. Kamara foi quem chegou mais perto, porém foi travado por Dann.
.
Se o Fulham passou o mês todo sem vitórias, o Birmingham também não tem muito o que comemorar quando o assunto é jogar fora de casa. Já são oito meses sem ganhar nesta condição, contando a temporada passada. Para os Cottagers, o primeiro turno vai acabando com uma situação que lembra muito a vivida em 2007/08 - quando venceu apenas dois dos 19 jogos do turno. Como tudo pode ficar pior, o próximo adversário é "só" o Arsenal, no Emirates Stadium.
.
Fulham: Schwarzer, Baird, Hughes, Hangeland, Salcido (Pantsil), Etuhu, Murphy, Gera, Davies (E. Johnson), Dempsey e Kamara.
Birmingham: Foster, Carr, Ridgewell, Johnson, Dann, Bowyer, Hleb (Zigic), Fahey (Murphy), Fergusson, Larsson, Jerome.


Um comentário:

  1. Realmente, tá feia a coisa. Eu gostava muito dos jogos do Fulham no Craven Cottage pelo caldeirão e principalmente porque poucos o venciam lá, hoje a história é diferente

    ResponderExcluir