Repercussões: Fulham 1-4 Manchester City


Foto: The Guardian

Conforme vimos no post anterior, o Fulham teve uma derrota vergonhosa para o Manchester City, jogando dentro de Craven Cottage. Foi um dia onde nada deu certo para os whites.

Começamos as repercussões com uma polêmica: A visita do ídolo argentino Diego Armando Maradona à Craven Cottage, que à primeira vista poderia ser um “bom negócio” para o Fulham, afinal não é todo dia que um dos maiores jogadores da história resolve assistir um jogo em Craven Cottage.

Mas o que parecia ser apenas uma visita ilustre, virou rivalidade antes mesmo de a bola rolar, segundo informações do site globoesporte.com quando Maradona esteve passeando pelo gramado de Craven Cottage e foi anunciado pelo locutor do estádio, um grupo de torcedores hostilizou o argentino, chamando Maradona de ‘trapaceiro’, por causa do lance que ficou conhecido como “La Mano de Díos”, contra a Inglaterra na copa do mundo de 1986.
Hostilidades à parte e o Fulham foi goleado, foi mais ou menos assim que a imprensa inglesa e brasileira repercurtiram o jogo do ultimo domingo. O técnico Mark Hughes, falou ao site do fulham após a derrota.
"Em muitas ocasiões, quando estivemos um pouco passivos. Nós precisávamos fechar os espaços dos jogadores mais rápidamente do que fizemos. Se você permitir que jogadores de qualidade superior, como os do Manchester City definitivamente são, o mais provável é que eles façam você pagar ", disse Hughes.”

"Obviamente nós perdemos um pouco da crença após o primeiro gol. A única coisa que você não quer fazer é admitir precocemente a derrota. "Isso aconteceu, infelizmente, e então nós precisávamos chutar no gol, obviamente precisamos ser mais agressivos e levantar a cabeça para os adversários. Mas, infelizmente, permitimo-lhes muito tempo e espaço para criar jogadas.
"Nos próximos meses, nós realmente queremos pôr em prática onde queremos ver este Clube indo. No momento, ainda estamos, para ser honesto, aprendendo sobre determinados jogadores. Assim, hoje foi mais um sinal de alerta para nós.”

"Mas nós temos que desenhar uma linha sob ele. Nós não vamos jogar com a qualidade que nós enfrentamos hoje e em muitas ocasiões este ano, quando o fazemos, temos que fazer um melhor aproveitamento dela do que fizemos hoje."

Opinião do blog:

O Fulham teve uma atuação vergonhosa em um jogo importante, está na hora de acontecer uma “reformulação” no time, pois se continuarmos assim podemos parar na championship. O time necessita no mínimo de contratações de peso, que possam resgatar o Fulham da temporada passada. Sobre a polêmica envolvendo Maradona: Não sabemos ao certo se foi um pequeno grupo de torcedores ou uma “tensão geral” da torcida em Craven Cottage, mas idependentemente de como aconteceu, foi uma atitude lamentável e não justificável por um gol de mão há mais de 20 anos atrás. E nós do Fulham FC Brasil NÃO apoiamos este tipo de comportamento.

Um grande abraço ao meu amigo e colega deste blog Matheus Schenk Rocha, e aos nossos parceiros/rivais do Chelsea News Brasil.

COME ON YOU WHITES!

3 comentários:

  1. Bom, sobre a derrota não quero falar mais nada...desastre. Se não mudar esse time, vejo outra tentativa de "great escape" por ai.

    E o lance do Maradona...Bem, é justificável. Imaginem se o Ghiggia fosse ao maracanã? (isso porque o gol que o Ghiggia fez foi legal). Torcida é assim, o Pibe sabe disso

    ResponderExcluir
  2. Ahh..podem colocar o Pierce Brosnan (007, Marte Ataca, Volcano...) na lista de torcedores famosos também

    ResponderExcluir
  3. Realmente Henrique, o Fulham precisa de mudanças para não haver um "great escape" novamente.

    Você tem razão, o assunto do Maradona é complicado..

    Boa sugestão, em breve colocaremos o Pierce Brosnan na lista dos torcedores ilustres do Fulham.

    abraços

    ResponderExcluir