Repercussões: Fulham 1-1 Birmingham City

Foto: The Guardian

Conforme vimos no post anterior, o Fulham empatou mais um jogo na atual temproada da Premier League, desta vez contra o Birmingham em Craven Cottage, e está a cinco jogos sem vencer.

A imprensa inglesa deu destaque para os “contrastes do jogo”, onde o Birmingham dominou o primeiro tempo e o Fulham teve sua recuperação dominando o jogo e chegando ao empate no segundo tempo.
O técnico do Fulham, Mark Hughes, falou ao fulhamfc.com  no sábado, após a partida.

"Tivemos que seguir em frente, continuar finalizando, e continuar mostrando a crença,  eu estava realmente satisfeito e voltamos em termos de nível de atuação.”

"No final do jogo de um lado, parecia que algo estava sendo criado por nós mesmos. Fiquei satisfeito com o time. Falta-nos uma série de jogadores importantes.

"Perdemos esses jogadores-chave que são os três atacantes e que irá afetar a dinâmica e fluidez de jogo do time.

"Nós temos apenas de continuar. Os jogadores estão trabalhando duro para obter pontos na tabela de classificação. O Birmingham está provavelmente, está mais satisfeito com o ponto do que nós estamos.”

"Estamos muito conscientes de onde estamos, você só tem que olhar para a tabela. Mas nós estamos apenas cinco pontos de distância do sétimo colocado, para que possa olhá-lo nos dois sentidos.”

"Mas o que temos a fazer é manter essa crença que eu vi hoje. Temos muita qualidade e só precisamos ter alguns jogadores de volta."

O zagueirão Brede Hangeland, também esteve falando ao site do Fulham, onde destacou a atuação e o gol do meia-atacante norte-americano Clint Dempsey.

"Eu penso que o Clint (Dempsey) fez bem hoje", disse a Hangeland fulhamfc.com. "Ele dá a equipe uma série de opções e, novamente, ele fez um gol para nós.”

"Ele tem um bom aproveitamento na frente do gol e é alguém que sempre vai fazer um sacrifício para chegar ao fim das coisas que ele mostrou - todo o crédito do jogo a ele.”

O autor do gol da salvação do Fulham no jogo, também foi entrevistado após o empate por 1 a 1 em Craven Cottage:

"Eu senti que estávamos levando o jogo para eles [Birmingham City] antes de sofrer o gol", disse Dempsey ao fulhamfc.com. "Ficamos frustrados por ser um objetivo no vestiário no intervalo, especialmente depois de ter perdido 4-1 na semana anterior ao Manchester City. Queríamos sair no segundo tempo e mostrar personalidade e eu pensei que nós fizemos.”
Opinião do Blog:
Mais um empate, dessa vez em casa, e a situação do Fulham está ficando tensa. Apesar dos desfalques, acho que está na hora de alguma coisa mudar no time, porque a zona de rebaixamento está bem próxima e não queremos outra temporada de “Great Escape”. Abre o olho e a mão Al-Fayed!

O próximo desafio do Fulham será no norte de Londres, em jogo dificílimo contra o Arsenal no Emirates Stadium.

COME ON YOU WHITES!

Nenhum comentário:

Postar um comentário