Enfim, uma boa vitória


Demorou, mas finalmente o Fulham conquistou uma vitória relativamente convincente nesta temporada da Premier League. Em seu décimo jogo na liga, os Cottagers fizeram 2 a 0 no Wigan e pularam para 10 pontos na tabela, afastando-se da zona de rebaixamento. Clint Dempsey foi fundamental para o triunfo, marcando os dois gols ainda na etapa inicial.
.
O técnico Mark Hughes optou por Baird na lateral-direita e na dupla Dempsey e Dembele no ataque. Andy Johnson, cotado para ser titular, entrou no segundo tempo.
.
Os donos da casa mantinham a posse de bola, mas com não haviam criado chances claras até o primeiro gol, anotado aos 30 minutos. Foi quando Salcido recebeu de Gera e foi à linha de fundo sem marcação; o cruzamento de canhota foi perfeito para a cabeçada de Dempsey, 1 a 0.
.
Minutos depois, quase o segundo. Gera perdeu grande chance, ao cabecear por cima depois de confusão na área. Mas o gol veio aos 44': Baird, em raro momento apoiando o ataque, cruzou da direita e Dempsey pegou de primeira. Um belo gol para ampliar e definir o placar.
.
O Wigan saiu mais para o jogo no segundo tempo, mas pouco ou nada ameaçou Mark Schwarzer. O Fulham optou por administrar o resultado. As escassas oportunidades criadas foram perdidas por uma pontaria que já não demonstrava o mesmo ímpeto da primeira etapa.
.
Os Whites voltam a campo na Premier League para dois jogos muito difíceis nos dias 6 e 10. Primeiro contra o Aston Villa, em Craven Cottage, e depois no Stamford Bridge contra o Chelsea.
.
Fulham: Schwarzer, Baird, Hughes, Hangeland, Salcido, Greening, Murphy (Dikgacoi), Gera, Davies (A. Johnson), Dempsey e Dembele.
Wigan: Al-Habsi, Stam, Caldwell, Alcaraz, Figueroa, Thomas, Cleverley, Diame (Moses), N'Zogbia, Di Santo (Gomez) e Rodallega.
Foto: BBC


Nenhum comentário:

Postar um comentário