Derrota e atuação preocupante


O time estava desfalcado. Contra um adversário que faz ótima campanha e ainda não foi derrotado em casa. Tudo isso conspirava para uma derrota do Fulham no sábado, contra o West Bromwich, pela rodada de fim de semana da Premier League. E foi o que aconteceu: o placar de 2 a 1 foi até pouco pelo que ambos os times apresentaram no estádio The Hawthorns.
.
Sem Danny Murphy, Simon Davies e Damien Duff, o técnico Mark Hughes optou por Chris Baird, Zoltan Gera e Diomansy Kamara, respectivamente. O começo foi animador. Aos nove minutos, Gera arriscou de longe, a bola foi na trave e nas costas de Carson para escorrer mansamente para as redes, 1 a 0.
.
Minutos depois, os Cottagers poderiam ter ampliado. A defesa dos Baggies errou e Kamara, na entrada da área, mandou uma bomba rente à trave direita do ex-goleiro da seleção inglesa.
.
Custou caro. Aos 17', Brunt achou Mulumbu sem marcação pelo setor esquerdo da defesa cottager; o atacante do WBA bateu na saída de Schwarzer e empatou. O Fulham continuou retraído, enquanto os mandantes trocavam passes nas cercanias da área. Até que, aos 40', os Whites foram pegos em contra-golpe. Fortune, impedido, iniciou a jogada com Thomas e concluiu com um chute rasteiro na pequena área, 2 a 1.
.
Mesmo em desvantagem, o Fulham pouco fez em busca de igualar o escore. Pelo contrário, foi o West Brom quem esteve sempre mais próximo de marcar. Morrison teve a melhor chance, espalmada brilhantemente por Schwarzer. A única boa notícia para o Fulham foi o retorno de Andy Johnson, após quase um ano parado. O camisa 8 entrou aos 13 minutos, mas quase não foi acionado.
.
O Fulham encerrou a rodada em 16º, fora da zona de rebaixamento apenas pelo saldo de gols. E com uma atuação digna de Championship.
.
West Bromwich: Carson, Jara, Olsson (Pablo), Tamas, Shorey, Scharner, Thomas (Tchoyi), Morrison, Brunt, Mulumbu e Fortune (Bednar).
Fulham: Schwarzer, Kelly, Hughes, Hangeland, Salcido; Baird (Riise), Greening, Dempsey, Gera, Kamara (Johnson) e Dembele.
.
Foto: BBC
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário